Em Brasília, Hospital Sírio Libanês restringe atendimento em pronto-socorro por 15 dias

A decisão foi tomada para conseguir atender os pacientes já internados com covid-19

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 29 março - 14:31

Em um comunicado divulgado nesta segunda-feira (29) o Hospital Sírio Linanês anunciou que não atenderá novos pacientes pelos próximos 15 dias ou até que a superlotação dos leitos diminua. Na nota, o hospital justifica que a suspensão no atendimento ajudará a manter o atendimento aos pacientes em estado grave. 

Na unidade, o comitê de crise de covid-19 se reúne diariamente para definir as medidas de contingenciamento e a decisão foi tomada oficialmente hoje (29). Foi definido ainda exceções para “pacientes referenciados (por indicação médica ou de outros serviços hospitalares) ou cuja condição de saúde seja de extremo risco”. Os exames invasivos e cirurgias eletivas também serão adiados na unidade. 

UTIs lotada com pacientes de Covid-19

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Os serviços ambulatoriais em alas para pacientes sem sintomas do vírus, consultas médicas e serviços do Centro de Medicina Diagnóstica e dos Centros de Oncologia continuam funcionando normalmente.

O Sírio Libanês em Brasília registra 41 pessoas internadas com covid-19. Em leitos de terapia intensiva são 22 pacientes. De acordo com boletim, até agora, a taxa de ocupação geral o hospital é de 89%  

Bolsonaro aciona STF para derrubar restrições contra Covid-19 em DF, BA e RS

Situação no Distrito Federal

O Distrito Federal assim como outros estados enfrenta a superlotação dos leitos de UTI. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram 5.757 óbitos pela doença e 340.166 pessoas contaminadas.

O governador prorrogou as medidas restritivas e de lockdown em Brasília e nas cidades-satélites da capital no dia 19 de março, até segunda ordem, as medidas serão mantidas até o dia 29.

LEIA MAIS

STF nega pedido de Bolsonaro para impedir medidas restritivas dm RS, BA E DF

Três medicamentos para intubação de pacientes se esgotam em DF

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você