Drive-thrus de vacinação contra Covid-19 em São Paulo são suspensos até dia 21 de abril

A decisão foi tomada pela gestão da capital depois que a maioria dos idosos com 67 anos foi vacinada

Por: Leonardo Fernandes | 14 abril - 07:52

A prefeitura de São Paulo suspendeu nesta quarta-feira (14) os drive-thrus de vacinação contra covid, que estavam instalados em pontos da cidade até o momento. De acordo com a gestão, a decisão foi tomada após o município vacinar a maior parte dos idosos com 67 anos ou mais, que era a faixa etária em foco nesta etapa. Os servidores da educação com mais de 47 anos, que começaram a receber a vacina na semana passada, também foram imunizados em sua maioria.

Agora, a campanha continua normalmente nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas AMAs integradas e nos centros-escola (que são três na cidade). Os drive-thrus voltarão a funcionar no dia 21 de abril, quando as pessoas entre 65 e 66 anos passam a ser imunizadas.

Sistema drive-thru em São Paulo, que funciona como um posto expresso de vacinação contra Covid-19. Os drivers voltarão a funcionar no dia 21 de abril. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Caso a pessoa tenha tomado a primeira dose da vacina em algum dos drivers, poderá tomar a segunda dose em qualquer outra unidade. Na terça-feira (13), o governo do estado de São Paulo divulgou que mais de 190 mil pessoas ainda não haviam tomado a segunda dose.

Vacinação dos 67 anos na cidade de São Paulo:

AMAs/UBSs Integradas (funcionamento das 7h às 19h, inclusive sábados e feriados)

  • A lista de locais da cidade com os postos de imunização pode ser vista no site da Prefeitura.

Unidades Básicas de Saúde/UBSs (funcionamento das 7h às 19h)

Centros-escola (funcionamento das 8h às 17h, segunda a sexta)

  • Centro-Escola Barra Funda – Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 283, Bom Retiro
  • Centro-Escola Geraldo de Paula Souza – Av. Dr. Arnaldo, 925, Sumaré
  • Centro-Escola Samuel Barnsley Pessoa – Av. Vital Brasil, 1.490, Butantã

Leia mais notícias:

Estado de São Paulo tem 87% dos leitos de UTI ocupados e capital conta 7 hospitais municipais sem vagas

Pesquisadores brasileiros desenvolvem projeto de “spray nasal imunizante contra covid-19”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você