Dória cobra Ministério da Saúde por falta de kits de intubação

As declarações foram feitas durante inauguração de hospital de campanha na capital paulista

Por: Aline Bueno Silvestre | 13 abril - 19:54

Nesta terça-feira (13), João Dória (PSDB), governador de São Paulo, cobrou o Ministério da Saúde sobre a falta dos kits de intubação e sobre a falta de agilidade no processo de entrega para os governos.

“A pergunta que faço é: por que o Ministério da Saúde não disponibilizou ainda esses medicamentos para os governos estaduais? E por que não o faz rapidamente para que os estados possam transferir para utilização em hospitais públicos e privados?”, disse.

Dória cobra kits intubação do Ministério da Saúde

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Além disso, Dória ainda afirmou que o estado deve fazer compra dos medicamentos no exterior. Ele falou também sobre o ministro da Saúde anterior, Eduardo Pazuello, ter confiscado os medicamentos, em 18 de março.

“O governo de São Paulo protesta veementemente contra o confisco determinado pelo Ministério da Saúde, ainda na gestão do ministro anterior [Eduardo Pazzuello], que confiscou todos os medicamentos de intubação produzidos no Brasil”, afirmou Dória.

*Com informações do G1.

A falta de kit intubação pelos estados e cidades

Segundo o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, o estado de São Paulo possui estoque de kit intubação apenas para mais 7 ou 9 dias. Na cidade paulista, os estoques devem durar por mais 20 ou 25 dias.

Enquanto isso, hospitais se juntam para importar kits e empresas doam dinheiro ao SUS (Sistema Único de Saúde) para ajudar na reposição. 

Em 1 de abril, o Brasil registrou que 45% dos municípios podem ficar sem os kits, representando 1.141 do total. Leia a matéria completa.

O que é o kit intubação?

O kit intubação são medicamentos como relaxante muscular e anestésicos usados para intubar os pacientes. Com os casos de Covid-19 aumentando ainda no Brasil, com recorde na média móvel de mortes recente, os kits intubação são essenciais para conseguir fazer a ventilação mecânica e ajudar pacientes internados.

LEIA MAIS:

Anvisa investiga frascos da CoronaVac do Butantan, que vieram com menos doses

Procurador da República diz que governo não agiu por má-fé ao cancelar a compra do kit intubação

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você