Covid: Ministério da Saúde reduz em 31% número de doses de vacina previstas para maio

Segundo o ministério, um dos motivos para isso é o atraso na chegada de insumos para a produção de vacinas

Por: Maria de Toledo Leite | 24 abril - 19:37

Neste sábado (24), o Ministério da Saúde anunciou um novo cronograma de entrega de vacinas contra a Covid-19 no Brasil. Segundo o documento atualizado, as doses previstas para o mês de maio foram reduzidas em 31%.

O país deve receber 32,4 milhões de doses no próximo mês, sendo que a previsão anterior, divulgada em 19 de março, era de 46,9 milhões.

De acordo com o novo cronograma, as vacinas que serão entregues em maio são:

  • Fiocruz (AztraZeneca/Oxford) – 21,5 milhões de doses
  • Butantan (Sinovac) – 5,6 milhões de doses
  • Pfizer (BioNTech) – 2,5 milhões de doses
  • Covax Facility (AstraZeneca) – 2 milhões de doses
  • Covax Facility (Pfizer) – 842,4 mil doses

Além disso, o Ministério da Saúde também recebrá menos doses do que as previstas no mês de abril. No dia 19 de março, estava prevista a entrega de 47,3 milhões de doses, que caiu para 25,5 milhões de doses no dia 31 de março. No calendário divulgado, o número esperado é de 26,6 milhões.

Ainda de acordo com o novo cronograma, o Brasil deve receber 54,2 milhões de doses em junho. Na previsão divulgada em março, esse número era de 56,5 milhões. Para o terceiro trimestre de 2021 (julho até setembro) está prevista a entrega de 162,8 milhões de doses. A previsão anterior era de 189,6 milhões.

No quarto trimestre (outubro a dezembro), devem chegar ao país 210 milhões de doses (eram 167,3 milhões no calendário divulgado em março).

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Brasil aplica 1,7 milhões de doses de vacina em 24h e bate recorde nesta sexta-feira (23)

Biden diz que Estados Unidos já vacinaram 200 milhões de pessoas contra a covid-19

Fiocruz recebe nova remessa de insumos para produzir vacina Oxford/AstraZeneca

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você