Covid: Brasil registra 3.693 mortes e 93.317 novos casos em 24 horas

No total, foram mais de 348 mil vidas perdidas para o coronavírus no país

Por: Maria de Toledo Leite | 09 abril - 19:47

Nesta sexta-feira (9), o Brasil registrou 3.693 mortes por Covid e 93.317 novos casos confirmados da doença. Com os números de hoje, o país soma 348.718 vidas perdidas e 13.373.174 pessoas diagnosticadas com o coronavírus.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até agora foram mais de 11 milhões de pacientes que se recuperaram da doença. Porém, estudos comprovam que parte dos recuperados desenvolve sequelas.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Nos últimos sete dias, a média móvel de óbitos chegou a 2.930 enquanto a de casos marca 66.156.

De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o vírus no Brasil tem uma taxa de letalidade de 2,6%, sendo que a mortalidade é de 165,9 por cada 100 mil habitantes.

O Brasil enfrentou, em março, o pior mês da pandemia e tem apresentado dados ainda mais graves desde então. Mesmo com uma campanha de vacinação ativa no país, só 10,58% da população brasileira recebeu a primeira dose de imunizante contra a Covid, sendo que  apenas 3% está completamente imunizado após ter recebido as duas doses, de acordo com o balanço da vacinação desta quinta-feira (8).

OMS aponta que só a vacinação não será capaz de controlar pandemia no Brasil

No momento, o país lidera rankings em relação aos números de mortes e casos do coronavírus. Especialistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, afirmaram que o Brasil ainda pode alcançar a marca de 562,8 mil mortes pela Covid-19 até julho de 2021.

A situação individual dos estados também é crítica. Rio Grande do Sul registrou, pela primeira vez na história em todo o país, maior número de mortes do que de nascimentos. Além disso, São Paulo é o estado com mais mortes e casos do coronavírus, chegando aos 80.742 óbitos e pouco menos de 2,6 milhões de pessoas diagnosticadas com a doença.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Governo de São Paulo confirma fim da fase emergencial; estado avança para a fase vermelha a partir de segunda-feira (12)

Frente Nacional de Prefeitos convida diretor da OMS para discutir medidas contra Covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você