Covas diz que “ainda é cedo” para saber os resultados do megaferiado em São Paulo

A medida foi implantada no dia 26 e são ao todo 10 dias de folga

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 30 março - 14:16

Em uma coletiva nesta terça-feira (30) o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que a prefeitura ainda não conseguiu apurar os resultados práticos de redução de locomoção na cidade e taxas de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) na capital após o decreto que antecipa 5 feriados na capital. 

Sem apresentar números, Covas afirmou que a taxa de isolamento cresceu nos primeiros dias do decreto e completou: “Ainda é cedo para colher os resultados desse grande feriado anunciado pela Prefeitura de São Paulo”. 

Foto: Reprodução

No total são 10 dias de feriado para os paulistanos. A medida passou a valer no dia 26 de março e segue até 1º de abril. Esta semana foram somados os dois feriados municipais (Corpus Christi e Dia da Consciência Negra) e outros três do ano que vem (os mesmos citados e o aniversário da cidade). 

Mesmo sendo alvo de críticas pelo megaferiado, Covas comentou que a medida foi responsável pela estagnação da taxa de ocupação dos leitos de UTI. Desde o anuncio da antecipação dos feriados, os níveis de interação continuam em 90%.

LEIA MAIS

Final de semana: 450 festas em SP foram dispersadas pela Força-tarefa

Turistas descumprem barreiras sanitárias em praias de SP

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: