Coronavírus pode continuar ativo no organismo humano por mais de 14 dias

Estudos apontam multiplicação do vírus dentro do organismo humano por mais de 14 dias

Por: Maria de Toledo Leite | 23 março - 17:10

Pesquisadores que conduziram estudos no Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (IMT-USP) identificaram que alguns pacientes com sintomas leves de Covid apresentaram o vírus ativo no organismo por mais de 14 dias, tempo recomendado de isolamento no Brasil.

Em documentos divulgados, o estudo mostra o caso de duas moradoras de São Caetano do Sul que têm aproximadamente 50 anos.

Mãos com luvas cirúrgicas rosas mexendo em amostras científicas

Foto: Marcelo Seabra/Ag. Pará

Estudo

A primeira mulher foi atendida pela primeira vez em abril de 2020. Na época, ela relatou que estava com alguns sintomas da doença há 20 dias e um exame feito 22 dias depois dos primeiros sintomas confirmou que a paciente estava com Covid-19.

Foi feito, então, outro exame 37 dias depois do começo do mal estar dela. O resultado foi, mais uma vez, positivo. A paciente ainda tinha dor de cabeça e fraqueza no meio de maio.

O segundo caso foi o de uma mulher que apresentou febre, dor de cabeça, tossem fraqueza e alguns outros sintomas em maio. Ela fez o primeiro teste cinco dias depois do início do mal estar e foi confirmada a presença do vírus em seu organismo.

Porém, os sintomas continuaram, o que levou a paciente a refazer o teste 24 dias depois dos primeiros sintomas. Esse teste novamente resultou em positivo. A mulher teve sintomas por 35 dias totais.

Além disso, o grupo de pesquisadores acompanhou mais 50 pacientes, coletando amostras de saliva, urina, fezes, secreção nasofaríngea (do nariz) e sangue toda a semana.

Conclusão

Foi feita, então, uma análise desses dados e foi concluido que o vírus continua ativo por mais tempo na saliva e na secreção nasofarígea. Portanto, segundo os pesquisadores, diseeram que os 10 dias de isolamento recomendados pelo Centro de Controle de Doenças (CDC) dos EUA podem não ser suficientes, mesmo em casos leves de contaminação da doença.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Centro de Contingência do Coronavírus propõe ampliar fase emergencial em SP

Idosos têm mais chances de reinfecção da covid-19, diz estudo

Cientistas descobrem nova variante do coronavírus no Brasil

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: