Comércio do Distrito Federal reabre após um mês de restrições

Leitos de UTI da rede pública estão com 99% de ocupação

Por: Marina Correa de Genaro | 29 março - 14:50

A partir desta segunda-feira (29) estabelecimentos como shoppings, bares e restaurantes voltam a ser liberados no Distrito Federal, após quatro semanas de suspensão das atividades não essenciais. O comércio deve obedecer restrições no horário de funcionamento.

A medida mantém o toque de recolher na capital, que está em vigor desde o dia 8 de março, entre 22h e 5h.

Comerciantes no período de Lockdown no DF

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A reabertura ocorre no momento que a capital registra uma das maiores curvas de contágio do coronavírus, desde julho e agosto de 2020. Até a noite deste domingo (28) a capital contabilizava 338.930 diagnósticos, sendo 11.264 nos últimos sete dias.

238 pacientes com Covid-19 estão na fila de espera por uma UTI na rede pública de saúde. A taxa de ocupação é de 99%.

Bares e restaurantes

Horário de funcionamento: 11h às 19h

  • Disposição das mesas a uma distância de dois metros uma das outras, a contar das cadeiras que servem cada mesa.
  • Máximo de seis clientes por mesa.
  • Se possível, instalar uma barreira de acrílico no caixa.
  • Readequação dos espaços físicos, respeitando o limite de distanciamento.
  • Implementar medidas de controle de acesso ao estabelecimento para evitar grande fluxo e aglomeração de pessoas.

Academias

Horário de funcionamento: 6h às 21h

  • Fechamento duas vezes ao dia por pelo menos 30 minutos para limpeza geral e desinfecção dos ambientes.
  • Manter o distanciamento mínimo de um metro e meio entre os equipamentos.
  • Proibido o funcionamento dos bebedouros.
  • Uso de máscaras por todos os alunos e funcionários
  • Proibição de aulas coletivas que tenham contato físico e compartilhamento de equipamentos.
  • Restrição do número de alunos

Shopping e centros comerciais

Horário de funcionamento: 13h às 21h

  • Fica autorizado o funcionamento das áreas de recreação e lojas como brinquedotecas e de jogos eletrônicos.
  • As mesas e cadeiras das praças de alimentação dos shopping centers deverão obedecer a distância de dois metros entre elas.

Comércio de rua

Horário de funcionamento: 11h às 20h

Regras incluem: lojas de calçados; lojas de roupas; serviços de corte e costura; armarinhos e lojas de tecido; atividades de lavanderias, tinturarias e toalheiros; empresas de tecnologia e lojas de equipamentos e suprimentos de informática; setor eletroeletrônico e setor moveleiro; óticas e papelarias.

Proibido

Boates, casas noturnas continuam proibidas de funcionar. Eventos presenciais corporativos ou privados só podem ser realizados em formato drive-in ou com normas de distanciamento impostas para atividades audiovisuais (como cinemas e museus), que inclui distanciamento obrigatório e lotação máxima de 50% do espaço.

LEIA MAIS:

Três medicamentos para intubação de pacientes se esgotam em DF

Brasil tem mais mortes por Covid-19 em 1 semana do que México, EUA, Itália e Rússia somados

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você