Casos de Covid entre jovens de 30 a 39 anos disparam em 2021

Fiocruz diz que pode haver um deslocamento do foco da pandemia para o grupo mais jovem

Por: Maria de Toledo Leite | 26 março - 19:17

Em boletim divulgado nesta sexta-feira (26), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirmou que os dados mais recentes da pandemia do coronavírus no Brasil sugerem que os casos entre pessoas mais jovens aumentem.

Segundo a Fiocruz, os registros de casos em jovens de 30 a 39 anos têm se mostrado mais expressivos. Além disso, outras faixas etárias como de 40 a 49 e 50 a 59 também mostraram um grande taxa de infecção pela doença.

Brasil registra 3.650 mortes por covid-19 em 24h e bate novo recorde

Pacote de vacinas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Essa conclusão veio dos dados semanais divulgados pelo ministério desde o começo do ano até dia 13 de março. O aumento dos casos em pessoas de 40 a 49 foi a maior porcentagem, chegando a 626%. Em pessoas de 30 a 39 anos, o aumento foi de 565,08% e naqueles que têm entre 50 e 59, foi de 525,93%.

A concentração de casos levou os pesquisadores à possibilidade de um rejuvenescimento da pandemia. O número de casos em pessoas mais idosas tem dimiuído enquanto os mais jovens se contaminam mais e o índice de morte deles é mais baixo.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Tudo o que você precisa saber sobre o Sistema Único de Saúde

Depois do anúncio de Doria da ButanVac, governo federal protocola pedido de nova vacina brasileira

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você