Campinas proíbe consumo de álcool em locais públicos e praças

Decreto é para conter a pandemia; restrição irá valer até o dia 11 de abril, quando acaba fase emergencial

Por: Leonardo Fernandes | 02 abril - 09:27

A cidade de Campinas, junto de outras 20 cidades da RMC (Região Metropolitana), decretaram que o consumo de bebidas alcoólicas em praças, vias e demais locais públicos está proibido a partir desta sexta (2). A restrição serve para evitar aglomerações nestes espaços, e tentar diminuir a proliferação do novo coronavírus. A iniciativa dos governos foi aprovada na quinta-feira (1).

A proibição na cidade será 24h por dia. Contudo, a medida não é uma “lei seca” total, pois as pessoas ainda podem consumir as bebidas dentro de casa. O decreto vai valer até dia 11 de abril, que é a data prevista para terminar a fase emergencial do Plano São Paulo. Além disso, as cidades da região também já haviam decretado toque de recolher, das 20h às 5h.

Leia mais: Em Campinas, juiz proíbe que seja levado à delegacia quem descumprir o toque de recolher 

Bebidas em bar

A medida vale para locais públicos, que apresentem riscos de possíveis aglomerações. Cidadãos ainda podem consumir bebidas dentro de casa. Foto: Unsplash

Cada cidade da RMC fica responsável por publicar seu próprio decreto para a população. No caso, as cidades que englobam a região, além da própria Campinas, são Vinhedo, Valinho, Sumaré, Santa Bárbara d’Oeste, São Antônio de Posse, Pedreira, Paulínia, Nova Odessa, Monte Mor, Morungaba, Jaguariúna, Itatiba, Hortolândia, Indaiatuba, Holambra, Engenheiro Coelho, Cosmópolis, Americana e Artur Nogueira.

Contudo, ainda não foi confirmada a publicação da regra por parte de Indaiatuba.

A região vive o pior momento da pandemia de Covid-19, com superlotação nos hospitais e novas mortes pela doença diariamente. As internações também crescem, apesar de uma pequena estabilização recentemente. Até dia 1º de abril, a RMC havia registrado 215.871 casos. A fase emergencial, também conhecida como “fase roxa”, está em vigor desde o dia 15 de março em todo o estado.

Leia mais notícias:

Trabalhadores do serviço funerário vão poder se vacinar a partir de sexta-feira (01) no estado de SP

Profissionais da educação do estado de SP já podem se cadastrar para vacinação

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você