Câmara dos Deputados tem 21 mortes e 531 casos de covid-19

Os meses com mais óbitos na Câmara foram janeiro e fevereiro de 2021

Por: Bianca Antunes | 08 abril - 17:54

Desde o início da pandemia, até fevereiro deste ano, a Câmara dos Deputados registrou 531 casos de covid-19 em servidores. Além disso, foram registrados 21 óbitos, segundo dados obtidos pela Folha de S. Paulo pela Lei de Acesso à Informação.

Os meses com mais óbitos na Câmara foram janeiro, com oito mortes, e fevereiro, com três mortes, ambos do ano de 2021. Antes disso, nenhum outro mês teve mais do que duas mortes desde o março de 2020.

Câmara aprova projeto que permite compra e aplicação de vacinas pelo setor privado

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O maior número de casos foi nos meses de julho e agosto, com 90 e 102 casos, respectivamente. A concentração diminuiu entre setembro, passando para 37 casos, e novembro, com 39. Com o recrudescimento da pandemia no país, o número voltou a subir em dezembro passando para 67. Desde então, a média se mantém em cerca de 69 novos casos.

A Câmara dos Deputados conta com 9.553 secretários parlamentares, 2.729 servidores efetivos e 1.644 ocupantes de cargos de natureza especial. A casa informou que não houve mortes por covid-19 entre os efetivos e os ocupantes de cargos de natureza especial.

*Com informações da Folha de S. Paulo

LEIA TAMBÉM:

População abaixo da linha da pobreza triplica; cenário atinge 27 milhões de brasileiros

Trabalhadores autônomos foram os mais afetados pela pandemia em 2020, aponta pesquisa

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você