Butantan afirma que produção da Butanvac pode começar em maio e aguarda autorização da Anvisa para iniciar testes

A nova vacina desenvolvida pelo Instituto foi anunciada no último dia 26 de março

Por: Murilo Amaral Feijó | 20 abril - 20:49

Nesta terça-feira (20), o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciou que, a partir de maio, o Butantan deve ter condições de iniciar a produção da vacina Butanvac.  Segundo ele, os estudos clínicos do imunizante já foram finalizados.

A Butanvac foi anunciada no dia 26 de março, pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), como a vacina 100% brasileira. O imunizante foi desenvolvido pelo Instituto Butantan e o início de sua aplicação está previsto para julho.

Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante coletiva de imprensa

Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas. Foto: Governo do Estado de São Paulo

Durante o anúncio, Dimas Covas relembrou que o Instituto atualmente aguarda o aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para dar início aos testes de eficácia e segurança. “O protocolo de estudo clínico está em processo de submissão à Anvisa. Esperamos que isso seja rapidamente deferido, porque as dúvidas já estavam sendo discutidas com a Anvisa previamente”, afirmou.

Caso seja iniciada em maio, a produção do imunizante deve gerar um “quantitativo apreciável”, segundo o presidente do Butantan. “Nós vamos ter que aguardar os resultados do estudo clínico para poder ter a autorização de uso da Anvisa”.

“A Butanvac é uma versão melhorada, em termos de vacina. Eu tenho dito que é a ‘vacina 2.0’ e que pode ser uma solução para o Brasil e, principalmente, para os países pobres e de renda média”, concluiu Dimas Covas.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Vacinação de pessoas com 65 e 66 anos começa nesta quarta-feira (21) em São Paulo

Rio de Janeiro inicia vacinação contra covid-19 em gestantes com comorbidades

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você