Burocracia impede vacinação de brasileiros na Grécia

Brasileiras relatam a dificuldade de tomar o imunizante

Por: Sophia Bernardes | 22 abril - 13:35

Imigrantes brasileiros que residem na Grécia não foram incluídos na campanha de vacinação contra a Covid-19. Por razões burocráticas do governo grego, estrangeiros que vivem no país europeu não estão conseguindo agendar a data para aplicação do imunizante contra a Covid.

Entrevistada pela revista Época, a brasileira Márcia Argyris, de 64 anos, que reside há 4 na Grécia, deveria ter recebido ao menos a primeira dose da vacina, mas até o momento, ela sequer conseguiu agendar o dia para aplicação do imunizante. “Ficamos invisíveis”, declarou a aposentada sobre o impasse vivido.

Foto: Agência Brasil

Pelas regras determinadas pelo governo, os candidatos à vacinação devem apresentar o número de previdência social, chamado de AMKA e o cadastro de pessoa física. Neste mês, a Grécia anunciou que permitirá que estrangeiros obtenham um AMKA provisório, a fim de que tenham acesso à vacinação.

No caso de Argyris, ela é aposentada no Brasil, logo não exerce alguma profissão na Grécia, o que a exclui da previdência social grega, o que que dificulta ainda mais o acesso ao documento necessário para que consiga se imunizar.

Argyris relata que a situação é ainda mais preocupante para aqueles que estão indocumentados no país, fator que faz com que essas pessoas tenham medo de pedir ajuda às autoridades competentes. Até o momento, o Itamaraty não se manifestou sobre esse impasse vivido pelos brasileiros residentes na Grécia.

A Grécia deu início a sua campanha de vacinação em dezembro de 2020, atualmente, está aplicando a primeira dose do imunizante entre aqueles com idade de 55 a 59 anos. Cerca de 17,5% dos gregos receberam a primeira dose do imunizante, enquanto 7% já tiveram as duas doses aplicadas.

Em meio a esse cenário de incertezas, Márcia Argyris disse que segue na expectativa pela vacinação e se questiona se terá direito ao imunizante. “A gente fica invisível nessa hora”, concluiu.

*Com informações da UOL

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Queiroga afirma que vai retomar divulgação do cronograma de entrega das vacinas

Compra de vacinas por empresas não é furar fila, de acordo com empresário Carlos Wizard

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você