Brasil atinge a marca de 300 mil mortes por covid-19

Ontem, o país registrou mais um recorde de mortes diárias

Por: Bianca Antunes | 24 março - 17:57

Nesta quarta-feira (24) o Brasil chegou ao número de 300 mil mortes registradas pela covid-19, um ano e sete dias após a primeira morte pela doença no Brasil.

Ontem, o país registrou mais um recorde de mortes diárias, com 3.251 óbitos. A marca acontece em meio à quarta troca de ministro da Saúde no governo Bolsonaro.

Cemitério no Brasil

Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

O número de 300 mil pessoas supera a população de 98,3% das 5.570 cidades brasileiras, ou seja, é como uma cidade inteira dizimada. Isso apenas dois meses depois do país cruzar a marca de 200 mil mortes.

Em meio ao número assustador, o Brasil ainda enfrenta lotação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em quase todos os seus estados, além da escassez de oxigênio e medicamentos importantes para o tratamento dos pacientes, como os do kit intubação.

Por conta do colapso na rede de saúde e a falta de medidas efetivas contra a disseminação do vírus, a taxa de letalidade no Brasil é maior do que o resto do mundo. Assim, o país já corresponde por 11% das mortes por covid-19 no mundo, tendo apenas 2,7% de sua população.

LEIA MAIS:

Ministério da Saúde muda sistema de contagem de óbitos e número despenca

Sintomas da covid-19 são mais persistentes em mulheres entre 40 e 50 anos

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você