Anvisa impõe autorização prévia para exportação de remédios do ‘kit intubação’

Decisão acrescenta remédios necessários para intubação de pacientes

Por: Marina Correa de Genaro | 31 março - 13:14

Foi determinado nesta quarta-feira (31) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que os remédios do “kit intubação”, necessários para intubar pacientes, só poderão ser vendidos para fora do país com autorização prévia da agência.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU)

ANVISA

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As vacinas para a Covid-19 e o oxigênio medicinal, que já precisavam de autorização prévia da Anvisa para serem exportados, permanecem na lista de substâncias que precisam de permissão.

Equipes de saúde em todo o país têm relatado a falta do oxigênio e dos medicamentos do “kit intubação” que são usados no cuidado de pacientes com coronavírus no estado grave.

No texto desta quarta (31) há uma alteração na resolução de março do ano passado, ela determinava que medicamentos do chamado “kit Covid”, como hidroxicloroquina, cloroquina e azitromicina, também necessitavam de autorização prévia para exportação. Os medicamentos continuam na lista dos que precisam de autorização, mas já foi comprovado que eles não são eficazes para tratar a Covid-19.

Lista de medicamentos e substâncias que necessitarão de autorização prévia

  • Oxigênio medicinal
  • Vacinas contra a Covid-19
  • Nitazoxanida, cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina (“kit Covid”)
  • Fentanil, midazolam, etossuximida, propofol, pancurônio, vecurônio, rocurônio, succinilcolina, heparina sódica suína, heparina sódica bovina, enoxaparina sódica e dexmedetomidina, na forma de matéria-prima, produto semi-elaborado, produto a granel ou produto acabado (“kit intubação”)
  • Insumos farmacêuticos ativos, sais, éteres e ésteres dessas substâncias.

LEIA MAIS:

Pfizer e BioNTech anunciam eficácia de 100% da vacina contra Covid-19 em adolescentes

São Paulo: Mais de 240 pessoas já morreram à espera de uma vaga em leitos de UTI

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você