Anvisa aprova novo medicamento do kit intubação com regra flexível

A medida foi tomada diante a situação de risco de desabastecimento desses remédios em vários estados

Por: Sophia Bernardes | 31 março - 09:47

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a venda do primeiro medicamento utilizado para a intubação de pacientes com Covid-19.

As regras flexíveis determinam que o medicamento dispense o registro e garante a autorização apenas com notificação.

Sede da Anvisa

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O remédio para intubação é um neorobloqueador injetável utilizado no processo de sedação dos pacientes e dos que precisam ser intubados por conta da necessidade de suporte ventilatório.

Esse medicamento é fabricado pela farmacêutica União Química, a mesma que está produzindo a vacina Sputinik V e seu princípio ativo o Besilato de Cisatracúrio.

As regras flexíveis foram definidas em resolução aprovada no dia 19 de março pela Anvisa. De acordo com o sistema, um conjunto de medicamentos empregados no processo de intubação de pacientes passam a ser comercializados sem um processo de exigência comum.

Essa medida foi tomada diante a situação de risco de desabastecimento desses remédios em vários estados. Os chamados kits intubação são fundamentais para o atendimento de pacientes com covid-19 em estado grave.

LEIA MAIS NOTÍCIAS 

Butantan entrega mais 3,4 milhões de doses nesta quarta

Estado de SP tem mais mortes por Covid do que 226 países

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você