Amazonas tem queda de 80% em mortes por Covid-19 após caos em janeiro

Em janeiro, 3.556 pessoas morreram. Já no mês de março, 670 pessoas foram vítimas da doença

Por: Marina Correa de Genaro | 02 abril - 16:50

O Amazonas registrou uma queda de 80% no número de mortes por Covid-19 no mês de março em comparação com janeiro deste ano. Em março foram 670 vítimas da Covid-19.

Já em janeiro, com o caos da segunda onda do coronavírus, 3.556 pessoas morreram vítimas da doença. Nesse período, o estado sofria com a falta de oxigênio e teve que transferir pacientes para outros estados.

Cemitério Manaus

Foto: Michel Dantas

O Amazonas está na fase laranja, com risco moderado de transmissão e registra mais de 12 mil mortes por Covid-19.

Um dos fatores que também explica a queda no número de mortos, é a vacinação, que começou em janeiro com grupos prioritários. Porém, como o número de vacinados ainda não é o ideal, especialistas alertam que mesmo quem já se vacinou, deve continuar seguindo os protocolos de distanciamento social.

O estado foi o primeiro do país a entrar em colapso e em janeiro atingiu recordes de casos, mortes e internações pela doença. De acordo com dados da FVS, em janeiro deste ano, o Amazonas realizava uma média de 1.500 testes RT-PCR por dia e nos últimos dias de março, foram cerca de 100 a 400 testes diários.

Neste mês, o restante do Brasil registrou os piores números da pandemia e o Amazonas cedeu leitos para outros estados e também enviou cilindros de oxigênio.

LEIA MAIS:

São Paulo: quase mil eventos clandestinos são fechados em meio à Covid-19

Oxford/AstraZeneca: Fiocruz entrega hoje 1,3 milhão de doses da vacina

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você