Amazonas deve ser atingido por 3ª onda de covid-19, a partir de maio

Profissionais da saúde alerta governo estadual para ampliar a infraestrutura do sistema de hospitais

Por: Murilo Amaral Feijó | 22 abril - 17:18

A partir de maio, o estado do Amazonas deve ser atingido por uma 3ª onda de covid-19. Com isso, o governo estadual começa a preparar um plano de ampliação e reforço do sistema de saúde no estado.

Segundo o governador Wilson Lima (PSC), haverá abertura de novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e, principalmente no interior do estado, uma ampliação na infraestrutura sanitária.

Governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC)

Governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Foto: Lucas Silva/Secom

Nesta quinta-feira (22), após conversar com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o governador do Amazonas anunciou: “O estado do Amazonas tem sido o primeiro a ser agravado, depois, acontece no restante do país. Assim se deu na primeira onda e nessa segunda. Nós esperamos que essa terceira não seja tão forte quanto a segunda”.

Para Wilson Lima, o ritmo da vacinação no estado deve amenizar os efeitos da 3ª onda, além do “período de estiagem”, que segundo ele “há uma diminuição nas síndromes respiratórias”. Até a tarde desta quinta-feira, o Amazonas vacinou 546.929 pessoas com pelo menos a primeira dose contra o coronavírus.

O Amazonas, segundo o governador, também se prepara quanto a duas preocupações: a falta de oxigênio e “kit intubação”. “O Brasil está enfrentando o problema que nós enfrentamos em janeiro e fevereiro. Atualmente, temos material para as nossas necessidades”, afirmou Wilson Lima.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em reunião com o governador amazonense, afirmou que vai agilizar a habilitação de leitos no estado, além de garantir compras internacionais para a aquisição dos kits de intubação.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Primeiras doses da vacina contra covid-19 da Pfizer devem ser distribuídas na primeira quinzena de maio

Número de infectados pela covid em Minas Gerais supera 1,3 milhão

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você