AM demite médica que aplicou nebulização de hidroxicloroquina e paciente veio a óbito

Secretaria da Saúde do Amazonas investiga a médica ginecologista Michelle Chechter, que atuava na maternidade do Instituto da Mulher Dona Lindu, em Manaus

Por: Sophia Bernardes | 15 abril - 13:11

Nesta quinta-feira (15), a Secretaria da Saúde do Amazonas demitiu e investiga a médica ginecologista Michelle Chechter, que atuava na maternidade do Instituto da Mulher Dona Lindu, em Manaus, por realizar o procedimento de nebulização de hidroxicloroquina como tratamento para covid-19. Uma paciente morreu após o procedimento, conforme a secretaria.

A paciente que veio a óbito após a nebulização, havia acabado de dar à luz. A secretaria informou que o tratamento não faz parte dos protocolos terapêuticos do Instituto Dona Lindu “nem de outra unidade da rede estadual de saúde, ainda que com o consentimento de pacientes ou de seus familiares”, em nota da secretaria. O bebê passa bem.

Foto: Ministério da Saúde/Agência Brasil

Ainda em nota, “o procedimento tratou-se de um ato médico, de livre iniciativa da profissional, que não faz mais parte do quadro da maternidade, onde atuou por cinco dias”. O comunicado diz também que “tão logo tomou conhecimento do ato, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas determinou abertura de sindicância e o afastamento da profissional”.

A morte da paciente ocorreu em fevereiro, mas só foi tornada pública agora. A secretaria informou que a médica foi contratada dia 3 de fevereiro “após contratação em regime temporário pela secretaria junto com outros 2,3 mil profissionais de saúde, via banco de recursos humanos disponibilizados ao Estado pelo Ministério da Saúde”.

A secretaria informou que outra paciente que também foi submetida a esse tratamento, “Conforme o instituto informou à secretaria, duas pacientes foram submetidas ao tratamento de nebulização de hidroxicloroquina. Ambas assinaram termo de consentimento, como relatado em prontuário. Uma das pacientes veio a óbito e a outra teve alta. Todas as informações sobre o atendimento estão registradas em prontuário”, afirma a pasta.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Covid-19: Antiviral oral avança para fase final de testes nos Estados Unidos

De acordo com Dimas Covas, insumos para produção da CoronaVac chegarão na segunda-feira

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você