Abertura de hospital de campanha em SP é adiada por atraso com oxigênio

Segundo o governo do estado, a inauguração ficará para a próxima semana

Por: Caroline Ripani | 31 março - 13:45

A abertura de um hospital de campanha no Centro de São Paulo, que estava marcada para esta quarta-feira (31), foi adiada para a próxima semana, segundo o governo do estado.

A gestão de João Doria (PSDB) afirmou que o Hospital de Campanha Metropolitano, como foi batizado, não poderá ser aberto hoje em razão de um atraso na instalação de equipamentos de oxigênio, que tem previsão de ser concluída ainda nesta semana.

Leitos de um hospital de campanha em São Paulo

Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O anúncio da ativação do hospital foi feito por João Doria no dia 15 de março. A unidade, localizada no bairro Santa Cecília, vai contar com 180 leitos exclusivos para o tratamento de casos graves da covid-19. Entre os leitos, 50 serão de terapia intensiva, e 130 de enfermaria

O hospital, onde serão investidos mensalmente R$ 12 milhões de reais, terá 900 funcionários, entre eles, 150 médicos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ministério da Saúde “ainda não está dentro do padrão desejado”, diz Doria

São Paulo: Mais de 240 pessoas já morreram à espera de uma vaga em leitos de UTI

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você