100 pessoas do sistema prisional de SP já morreram por Covid-19, entre detentos e servidores

Os dados são desde o início da pandemia, em março de 2020

Por: Aline Bueno Silvestre | 05 abril - 22:07

Nesta segunda-feira (5), foi divulgado o relatório do Ministério Público (MP) de acordo com dados da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). Nele, mostra que 100 pessoas do sistema prisional de São Paulo foram mortas pela Covid-19.

Destas, 40 eram presos, com o índice de letalidade em 0,32%, e 60 servidores, com índice em 1,96%. Os detentos somam 13.016 infectados desde o começo da pandemia, em março de 2020.

100 pessoas já morreram no sistema prisional de SP por Covid-19

Foto: Reprodução/Pixabay

Até 24 de março, São Paulo tinha 212.372 presos em todas as unidades. Em torno de 280 presos com mais de 60 anos já foram vacinados, em todo o estado.

Fux prorroga orientações para conter o Covid em presídios

A imunização dos servidores começou nesta segunda-feira (5), nos 178 presídios do estado. A SAP ainda falou sobre estes servidores. “Cerca de um terço dos servidores que faleceram vítimas da doença não estavam no exercício regular das funções dentro dos presídios”, disse.

De acordo com eles, várias medidas de segurança e proteção contra a Covid-19 foram adotadas nos presídios do estado. 6 milhões de máscaras foram distribuídas, além de quase 3 milhões de luvas descartáveis. 132 mil litros de álcool em gel também foram disponibilizados, com 103 mil litros de sabonete líquido. Esses itens são essenciais para tentar frear a pandemia e conter o vírus dentro dos presídios.

*Com informações do G1.

LEIA MAIS:

Mais de 1.800 presos escaparam de uma penitenciária na Nigéria

Prefeitura do Rio prevê até prisão para quem descumprir as medidas de restrições

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você