Presidente do Einstein divulga vídeo de apelo à sociedade e diz que ‘o Brasil vem cultivando a morte’

Não há, até agora, qualquer medicamento, chá ou receita caseira que evite a contaminação pelo vírus", disse o Dr.

Por: Larissa Placca | 28 março - 14:59

O presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein fez um pronunciamento gravado em vídeo, pedindo que a população mantenha as recomendações cientificamente comprovadas contra a pandemia da Covid-19.

“E que continuam sendo fundamentais: o isolamento social, o uso da máscara e a higiene constante das mãos”, continuou.”

Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Dr. Sidney Klajner

Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Dr. Sidney Klajner; Foto: Foto: Hospital Israelita Albert Einstein/Redes Sociais/Divulgação

Medidas preventivas contra a covid

“Alguns cansaram de adotar essas medidas e jogaram a toalha. Outros, se apegaram a fake news, que disseminam tratamentos de prevenção, sendo que não há, até agora, qualquer medicamento, chá ou receita caseira que evite a contaminação pelo vírus”, disse o Dr.

Veja o pronunciamento completo de Klajner

Reinfecção da covid

O presidente da entidade pediu para que não se descuidem aqueles que já tiveram Covid-19, pois não estão imunes à reinfecção. Na verdade, há possibilidade de apresentar quadros clínicos mais graves.

“Mesmo aqueles que já pegaram a doença não estão protegidos. Há muitos casos, e cada vez mais casos, de reinfecção, sim. Quem já pegou pode pegar novamente, e às vezes até de modo mais grave. Além disso, pacientes que se recuperaram da doença apresentam sequelas, como alterações cardiovasculares, neuropsiquiátricas, perdas nutricionais e musculares, inclusive morte”, explicou.

Vacina contra a covid

O Dr. Sidney Klajner afirmou que as vacinas são essenciais contra o coronavírus e que vamos perceber os efeitos dela contra a pandemia quando grande parte da população estiver imunizada.

“Embora o tempo de proteção e a eficácia com as novas variantes ainda estejam sendo estudados, todas as vacinas que nós temos disponíveis são seguras, liberadas pela Anvisa, e podem evitar os quadros mais graves da doença. Muitos países inclusive já observaram, já demonstraram a redução dos casos nas faixas etárias vacinadas prioritariamente”, afirmou.

Kit Covid contra a Covid?

Em 2020, o Hospital Albert Einstein juntamente como o HCor, o Hospital Sírio-Libanês, o Hospital Oswaldo Cruz e a Beneficência Portuguesa realizaram um estudo aprofundado sobre a hidroxicloroquina. O grupo concluiu em sua pesquisa que o medicamento não tem eficácia no tratamento da Covid-19, e podendo causar alterações em exames de eletrocardiograma e indícios de lesão hepática.

Chamado também de “tratamento precoce”, é recomendado pelo Ministério da Saúde, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com o uso dos medicamentos: cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Projeto apoiado por Michelle Bolsonaro é sancionado sem análise do Ministério da Economia

Manifestação no Planalto culpa Bolsonaro pelas mortes da covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você