Nova Zelândia e Israel aprovam venda de spray nasal que pode prevenir transmissão de covid-19

O produto é feito a base de óxido nítrico e pode reduzir o agravamento dos sintomas

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 22 março - 14:45

Nesta segunda-feira (22) Israel e Nova Zelândia anunciaram a aprovação temporária da venda do spray nasal de óxido nítrico (Nons), fabricado pela empresa de biotecnologia SaNOtize , que possivelmente poderá ajudar na prevenção da transmissão da covid-19. 

A produção do spray começou em Israel e está previsto para ser vendido no país a partir do mês de junho.

spray nasal

Foto: Reprodução/flickr

Já na Nova Zelândia a venda nas farmácias começa imediatamente, a SaNOtize obteve um registro do spray junto à agência reguladora do país, permitindo automaticamente a distribuição do produto. 

Foi anunciado na semana passada, o resultado dos testes clínicos feitos pelo Sistema de Saúde Inglês (NHS) e pela SaNOtize que mostraram que ele é um tratamento antiviral efetivo e pode ajudar a prevenir a transmissão de covid-19. Segundo eles, o spray nasal pode diminuir os dias de infecção e reduzir o agravamento dos sintomas e danos para as pessoas que já contraíram a doença. 

Ao utilizar o spray, os usuários são protegidos que o vírus penetre no corpo através das vias nasais. 

LEIA MAIS

OAB pede que STF obrigue governo a comprar vacina contra o coronavírus

UFMG desenvolve teste rápido que identifica variantes do coronavírus

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: