Câmara aprova o Projeto de Lei que amplia o número de doenças rastreadas pelo teste do pezinho

De 6 doenças atualmente identificadas, aumenta para 14; A proposta segue para votação no Senado

Por: Larissa Placca | 23 março - 23:08

Nesta terça, os parlamentares da Câmara dos Deputados aprovaram o Projeto de Lei que amplia o número de doenças rastreadas pelo teste do pezinho.

O teste é realizado com a coleta de gotas de sangue dos pés do recém-nascido.

amplia o número de doenças rastreadas pelo teste do pezinho

Foto: Agência Brasil/Divulgação

O Projeto de Lei 5043/20, foi protocolado pelo deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS). Atualmente, o teste feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) identifica seis doenças.

No texto atual, o exame passa a englobar 14 grupos de doenças. As mudanças feitas pelo projeto entrarão em vigor 365 dias após sua publicação.

A proposta segue para votação no Senado.

O que é o Teste do Pezinho

É um exame realizado entre o terceiro e o quinto dia de vida do bebê, coletando o sangue do pé da criança. O teste atual consegue identificar seis doenças: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, deficiência de biotinidase e hiperplasia adrenal congênita.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 80% das crianças nascidas no Brasil realizam o teste do pezinho pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Falta de oxigênio afetará 28 cidades no MT

Weber nega liminar na investigação de conduta dos procuradores na Lava Jato

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você