Anvisa nega autorização para ButanVac ser testada em humanos por falta de dados

Segundo a agência, os dados fornecidos para a autorização estão “incompletos”

Por: Aline Bueno Silvestre | 27 abril - 21:16

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) negou pedido de autorização do Instituto Butantan para que a ButanVac, primeira vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil, possa ser testada em humanos.

Segundo a agência, os dados fornecidos na última sexta-feira (23) estão “incompletos” para a aprovação.

Anvisa nega testes em humanos da ButanVac

Foto: Governo do Estado de São Paulo

“O pedido de autorização do Butantan, enviado no dia 23 [de abril], e o protocolo do estudo clínico enviado na última sexta-feira (23) ainda estão incompletos e não atendem aos requisitos técnicos para autorizar pesquisas clínicas de vacinas em seres humanos”, disse a agência em nota.

A Anvisa solicitou ao Butantan os documentos que faltam para prosseguir com a autorização dos testes clínicos em humanos. Além disso, o Instituto também se pronunciou sobre o caso.

“O Butantan espera que o órgão regulador tenha o devido senso de urgência e aprove o quanto antes o início dos testes para que a nova vacina, a primeira a ser produzida no país sem necessidade de importação de matéria-prima (IFA) seja disponibilizada rapidamente à população brasileira”, disse.

*Com informações do Portal UOL.

A vacina ButanVac

Em 26 de março, o Instituto Butantan anunciou a produção de uma vacina totalmente brasileira contra a Covid-19. A intenção é acelerar o processo de produção e não depender de matéria-prima de outros países, como acontece com a CoronaVac, vacina aprovada e em uso no país.

No entanto, no mesmo dia, um instituto americano disse ter desenvolvido a vacina apresentada por João Dória (PSDB), governador de São Paulo, como brasileira. O governador disse que não sabia.

Segundo o Instituto Butantan, a produção da vacina poderia começar em maio e estaria dependendo da aprovação da Anvisa para iniciar a imunização. Leia a matéria completa.

LEIA MAIS:

Anvisa está receosa com o Cronograma de testes da ButanVac

Pontes anuncia vacina apoiada pelo Governo, horas depois de Doria anunciar a Butanvac

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você