Anvisa autoriza Butantan a fazer teste em humanos de soro contra a Covid-19

A pesquisa deve ser realizada em pacientes já internados e com risco de agravamento da doença

Por: Aline Bueno Silvestre | 24 março - 19:50

Nesta quarta-feira (24), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) permitiu que o teste do soro produzido pelo Instituto Butantan, contra a Covid-19, fosse testado em humanos.

O teste inicial em animais apresentou resultados positivos, e o soro conseguiu reduzir a inflamação causada pelo vírus. Além disso, os animais apresentaram uma estabilidade da estrutura do pulmão, órgão geralmente afetado pela doença.

Soro produzido pelo Butantan é aprovado para testes em humanos pela Anvisa

Foto: Reprodução/Pixabay

No dia 5 de março, o Butantan pediu autorização para iniciar os testes. Já no dia 19, eles se reuniram para discutir sobre o soro. Nesta quarta-feira (24), os documentos foram enviados para a Anvisa, que logo depois aprovou o teste em humanos.

O que é o soro contra a Covid-19?

Diferente da vacina que é uma prevenção, o soro tem a função de agir depois que a pessoa já foi infectada. Por isso, ele vai ser testado em pacientes com infecção recente, e ainda com alto ou altíssimo risco de agravar a situação da doença.

 “O objetivo da pesquisa é verificar a segurança, a dose mais apropriada e a eficácia do soro em pacientes com quadro inicial de sintomas de covid-19. Espera-se que o soro impeça que a doença evolua para quadros graves nesses pacientes”, diz nota do Butantan, publicada no Portal R7.

O Butantan possui 3 mil frascos para testes. Porém, ainda faltam algumas informações que a Anvisa deve pedir em breve.

LEIA MAIS:

Queiroga anuncia secretaria de combate à covid-19 e planeja vacinar 1 milhão de pessoas por dia

Fiocruz promete entrega de meio milhão de doses de vacina até sábado (27)

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você