7 em cada 10 pessoas internadas por covid-19 têm sequelas por até 5 meses, diz estudo

A pesquisa foi feita pela Universidade de Leicester e analisou cerca de 1.077

Por: Bianca Antunes | 25 março - 13:59

Estudo realizado do Reino Unido apontou que 7 em cada 10 pacientes hospitalizados por covid-19 têm sequelas mesmo depois de cinco meses de alta médica.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Leicester e analisou cerca de 1.077 pessoas internadas entre março e novembro do ano passado. A maioria dos pacientes apresentou uma média de nove sintomas da doença, mesmo após o fim da infecção.

Coronavírus, Vírus, Paciente, Mascarar, Covid-19

Foto: Divulgação/Pixabay

O estudo ainda apontou que os 1 em cada 5 recuperados da covid-19 desenvolveram uma problema de saúde mental e físico. “Nossos resultados mostram uma grande carga de sintomas, problemas de saúde física e mental e evidências de danos a órgãos cinco meses após a alta com Covid-19”, disse Rachael Evans, professora associada da Universidade de Leicester.

Apenas 29% das pessoas disseram que se sentiram totalmente recuperadas. Entre os sintomas mais comuns estão dor muscular, fadiga, desaceleração física, qualidade do sono prejudicada, dor ou inchaço nas articulações, fraqueza nos membros, falta de ar, dor, perda de memória de curto prazo e pensamento lento.

A saúde mental também foi comumente citada, com mais de 25% das pessoas apresentando sintomas clínicos de ansiedade ou depressão e 12% sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).

Sintomas prolongados em mulheres de meia idade

Esse estudo realizado pela Universidade de Leicester também constatou que mulheres brancas de meia idade que apresentam ao menos dois problemas de saúde e que tiveram covid-19, eram mais suscetíveis a possuírem sintomas prolongados da doença.

Além disso, um segundo estudo, executado pelo Consórcio Internacional de Infecções Respiratórias Agudas e Emergentes (Isaric), concluiu que mulheres até os 5o anos tem mais probabilidade que homens em relatar fadiga, falta de ar e problemas relacionados à memória, mobilidade e comunicação. Leia mais.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Coronavírus pode continuar ativo no organismo humano por mais de 14 dias

Mais da metade dos israelenses já recebeu as duas doses da vacina contra covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você