Jerry Harris, da Netflix, é preso por envolvimento em caso de pornografia infantil

Líder de torcida é acusado de solicitar fotos explícitas a um menor de idade

Por: Laís Myla | 17 setembro - 16:24

O líder de torcida Jerry Harris, conhecido pela participação no reality show “Cheer” da Netflix, foi preso depois de ser acusado de produzir pornografia infantil. Ele foi acusado de seduzir um menino menor de idade, para produzir vídeos e fotos sexualmente explícitos, de acordo com o site da CNN.

A denúncia feita no Tribunal de Chicago, nos Estados Unidos, relata que o menor de idade tinha apenas 13 anos na época. Ele o irmão gêmeo — que agora possuem 14 anos — contaram que os assédios aconteciam a mais de um ano durante as competições de torcida e também online.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Jeremiah Harris (@jerryharris) em

De acordo com o Ministério Público dos Estados Unidos, a pena mínima para casos de pornografia infantil é de 15 anos. A defesa de Jerry contestou as acusações e afirmou que os casos ocorreram quando ele também era menor de idade, portanto estão confiantes com o desfecho das investigações, segundo a CNN.

O jovem ainda não se pronunciou publicamente sobre o caso e os internautas tem cobrado um parecer da estrela do reality.

LEIA TAMBÉM:

Kanye West reclama da indústria musical no Twitter

Ex-Ken Humano, Jéssica Alves faz nova cirurgia após quase perder o nariz

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você