A violenta morte do rapper XXXTentacion, baleado na Flórida

Em um tuite, o rapper Kanye West prestou homenagem ao músico

Por: João Paulo Soares | 19 junho - 8:42 AM | comentários

O rapper de 20 anos, XXXTentacion, foi morto a tiros no momento em que saia de seu carro, em uma concessionária, na Flórida. Na tarde de segunda-feira (18), o cantor foi baleado em plena luz do dia, quando dois homens de moto se aproximaram de seu carro e dispararam.

Segundo informações da policia local, Jahseh Dwayne Onofroy (nome verdadeiro do rapper) foi abordado por dois homens negros, encapuzados e armados. Um dos suspeitos disparou contra o músico diversas vezes, que foi levado para o hospital, mas não resistiu. A policia levanta a suspeita de assalto.

Cardi B é a rapper mais ouvida em streaming

Jovem talento do rap americano, XXXTentacion teve uma ascensão rápida com dois álbuns de estúdio que tiveram grande sucesso: ’17’, lançado em 2017 e ‘?’, lançado em 2018. De acordo com o site americano TMZ, que noticiou a morte do músico em primeira mão, XXXTentacion possuía “algumas dezenas de passagens” pela polícia, entre elas, por violência doméstica contra sua namorada grávida.

Após a morte do músico, fãs do rapper compartilharam um vídeo em que Jahseh afirmava ser perseguido. “Se o pior acontecer e eu morrer, uma morte trágica ou algo assim, e eu não tiver como viver meus sonhos, eu quero pelo menos que as crianças sigam minhas ideias, e as transmitam, e façam disso algo positivo”, disse.

Em um tuite, o rapper Kanye West prestou homenagem ao músico: “Eu nunca te disse o quanto você me inspirou quando estava aqui. Obrigado por existir”, escreveu.

Deixe seu comentário