Taylor Swift é processada por parque temático dos EUA pelo seu álbum “evermore”. Entenda a polêmica!

Disco da artista tem o mesmo nome do local inaugurado em 2018, em Utah

Por: David Mesquita | 05 fevereiro - 15:04

Por essa, com certeza a Taylor Swift não esperava!

A dona do hit “Love Story” está sendo processada por um parque temático de Utah, no EUA, que tem o mesmo nome de seu mais recente álbum, “evermore”, lançado em dezembro de 2020.

Segundo informações do TMZ, os responsáveis pelo parque acusam Taylor de violar a marca registrada do local após o lançamento do disco e dos produtos que são vendidos para promovê-lo.

Os proprietários do parque, que foi inaugurado em 2018, afirmam nos documentos que são donos dos direitos da marca “Evermore” para a comercialização de diversos produtos, incluindo peças de roupas, e que, após o lançamento do álbum da cantora, os resultados do Google sobre a procura de mercadorias do parque caíram bastante, prejudicando-os financeiramente.

Isso porque a pesquisa da marca, agora, está voltada para o trabalho musical da musa pop.

Ainda de acordo com o TMZ, os donos do ‘Evermore Park’ afirmam que a equipe da cantora sabia que a marca estava sendo violada, mas que prosseguiram com a ação do mesmo jeito.

Já a equipe da cantora respondeu ao processo chamando-o de “frívolo” e alegando que o CEO do parque deve milhões de dólares em taxas de construção, e que por isso estaria tentando conseguir uma grande quantia em danos. Não há informações sobre o valor que o parque pede no processo.

MAIS DE TAYLOR SWIFT:

“Tabu da Taylor Swift”: entenda por que o novo álbum da cantora alegrou a torcida do Corinthians

Ex-empresário de Taylor Swift vende direitos musicais da cantora por mais de R$ 1 bilhão

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você