Marília Mendonça: por que a cantora é e sempre será a “Rainha da Sofrência” da música sertaneja?

Artista ajudou a criar um novo tipo de sertanejo: o Feminejo

Por: David Mesquita | 06 novembro - 17:45

O dia 5 de novembro de 2021 será sempre lembrado como a finitude da vida se mostrou de forma tão cruel e trágica. Em uma triste tarde, a cantora Marília Mendonça faleceu decorrente de um acidente aéreo, no auge de sua carreira musical.

Tão jovem, Marília morreu aos 26 anos, mas a artista já tinha conquistado seu espaço na música brasileira como a “Rainha da Sofrência”, além de criar um novo tipo de sertanejo: o Feminejo.

A cantora e compositora nascida em Goiás, alcançou o reconhecimento musical, sendo dona de seus próprios passos e consciente da sua forte personalidade. Sua presença no sertanejo, gênero musical predominantemente masculino, foi de grande importância dentro da representatividade feminina no estilo.

Ao lado de Maiara e Maraisa, Naiara Azevedo, por exemplo, essas cantoras, por meio das letras de suas músicas, mostraram que a mulher tem SIM o direito de se expressar livremente, como sair para beber uma cerveja em um bar, ou quem sabe chorar por aquele relacionamento que não estava dando certo e dá a volta por cima.

Com diversas músicas falando sobre traição, sofrimento amoroso, logo Marília conquistou o título de “Rainha da Sofrência” – que será dela para sempre. Faixas musicais como “Infiel”, “Amante Não Tem Lar”, “Supera” e “Bem Pior Que Eu”, por exemplo, adotam a sofrência como marca de suas letras.

Mesmo com sua curta trajetória musical e ainda repleta de várias conquistas a serem alcançadas, Marília era prova que não era qualquer cantora e exerceu seu papel de forma plena, trazendo alegria a diversos fãs e encorajando a força feminina na música sertaneja. Desfrutou do carinho e prestígio no qual agora sabemos que só os grandes artistas possuem.

É uma pena que Marília se foi quando estava feliz em voltar a se apresentar nos shows com a presença do público, o início de uma turnê das “Patroas” com Maiara e Maraisa em 2022, além de outros projetos musicais que, com certeza, seria sucesso.

O Brasil vive diariamente em luto por causa das vítimas da Covid-19 e agora precisará também conviver com a tristeza da partida de uma das maiores cantoras do sertanejo. E não vai ter música de superação de Marília que conforte os fãs e aqueles que ficaram sensibilizados com tamanha partida inesperada e dolorida.

MAIS DE MARÍLIA MENDONÇA:

Confira o último lançamento musical de Marília Mendonça; escute “Fã-Clube” em parceria com Maiara e Maraisa

Cantores e famosos lamentam a morte de Marília Mendonça: “Não dá pra acreditar”

Assista ao Chupim Metropolitana AO VIVO no YouTube:


Inscreva-se no Chupim Metropolitana para não perder as lives!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você