Exclusivo: Conheça mais sobre o DJ Lucas Frota, artista já consolidado nos EUA e está em ascensão aqui no Brasil

"Vocês ouvirão muita música boa", menciona o também produtor musical

Por: David Mesquita | 07 outubro - 19:42

O artista e produtor musical DJ Lucas Frota já é consolidado nos EUA e está em ascensão aqui no Brasil.

Nas divulgações por aqui, por exemplo, teve parceria recente com Agnes Nunes, marcando o encontro de dois talentos da mesma geração musical. O single de sucesso, intitulado como “All Night Long”, teve mais de 2 milhões de views no YouTube.

Recentemente, o DJ lançou o videoclipe de “Change”, faixa colaborativa com o produtor Blakkat. As imagens foram gravadas no Rio de Janeiro, que trouxe em seu enredo as diferenças sociais, contando a história de um menino que faz malabarismo em um semáforo de trânsito e tem sua vida transformada pelo destino, com cenas que mexem com nossa reflexão e perspectiva social.

Nascido no Rio de Janeiro, desde cedo o DJ e produtor esteve ligado à música.

Para falar sobre sua carreira musical, projetos, curiosidades e surpresas, Lucas concedeu uma entrevista exclusiva aqui para a Metropolitana FM.

Confira:

Lucas, como se deu o início dessa sua relação com a música eletrônica e o influenciou você a se tornar um DJ?

Então, desde muito jovem! Lembro que assistia vídeos de festivais internacionais de música eletrônica com apenas 12 anos. Era tudo tão mágico, tão cheio de vida, daí para me apaixonar foi um pulo. Sempre fui um amante de música, estudei piano aos 10 anos, bateria aos 11, violão e guitarra aos 12. Ganhei minha primeira controladora de DJ aos 13 anos, era muito jovem, e foi meu presente de natal! Fiquei muito feliz e após isso iniciei meus estudos sobre a arte de djing e mais à frente de produção de música eletrônica. A cada curso me apaixonava mais e mais. Assim que me formei no ensino médio fui para Los Angeles atrás do meu sonho de começar uma faculdade de música em Hollywood.

Foto: Reprodução

Você nasceu no Rio de Janeiro, que é bastante conhecido por outros gêneros como o funk, samba, bossa nova. Essas referências músicas impactam de alguma forma o som que você faz?

Com toda certeza! A influência dos estilos característicos das músicas Brasileiras vivem em mim, cresci ouvindo funk em festas, samba, amava carnaval e, em casa, ouvia muito MPB e bossa nova. Essa mistura de gêneros sempre foram muito presentes na minha vida, até porque o forte do Rio de Janeiro nunca foi a música eletrônica.

Para você, existe uma diferença entre a música eletrônica produzida por artistas americanos e a que é feita pelos brasileiros, como o Alok?

Na minha opinião, as músicas eletrônicas que bombam na cena brasileira são remixes e músicas bem comerciais. O Brazilian Bass também é algo que o brasileiro conquistou. Já em solo americano temos diversos estilos de eletrônico bombando: Drum and Bass, Dubstep, hardstyle, Edm, House (tech house, deep, jackin, progressive house, melodic) e techno. Por isso, vejo mais mercado aqui fora do que no Brasil, onde o som acaba mais limitado.

Falando em Alok, você é “fã” dele também? Quem são os artistas que influenciam você musicalmente? E com quem você deseja fazer parcerias musicais?

Claro, quem não seria? Eu sou fã da trajetória dele! Ele sem dúvida conseguiu o que todos na minha profissão almejam, se tornou um gigante na cena. Cresci muito próximo do som do Vintage também, já o assisti em diversas fases da minha vida desde os meus 15 anos até semana passada aqui em Los Angeles e diria q ele é um artista brasileiro sensacional também. Eu procuro não ter uma única referência de artista, me inspiro mais em uma ideia ou em um conceito novo. Busco o melhor de cada um. É claro que uma parceria com um cara desses seria um grande privilégio.

Foto: Reprodução

Por conta da Covid-19, o setor de entretenimento, responsáveis por shows e festivais, foi impactado negativamente. Como você ainda tem passado por esse período? Com o avanço da vacinação, você acha que os eventos musicais com a presença do publico já podem ser retornados ?

Esse período foi muito difícil em todas as áreas mas, sem dúvida, a do entretenimento foi uma das mais atingidas mundialmente. Pelo que estou vivenciando e me informando sim, com o avanço da vacinação e sua grande adesão, os festivais festas e clubs estão retornando. Importante cobrar a vacina para que no tempo certo tudo retorne ao normal.

Você gravou com a cantora Agnes Nunes a faixa “All Night Long” e recentemente “Change” com Blakkat. Como surgiu essas parcerias e como foi gravar com esses artistas?

Gravar com a Agnes foi uma experiência única! Conseguir trazer uma artista tão incrível e talentosa para um projeto tão lindo que é a “All Night Long” foi a realização de um sonho.

Gravar com o Blakkat é sempre muito divertido, ele tem uma bagagem incrível e já participou de vários projetos. Considero que ele seja meu maior mentor! Temos muito em comum na música e sempre que estamos no estúdio a energia flui com muita naturalidade e sinergia! “Change” é minha música favorita e foi muito especial mesmo pra mim, me toca muito essa música pelo momento q foi criada durante a pandemia com o mundo em caos, eu longe de minha família e amigos, Blakkat perdeu sua mãe, não pode voltar para Inglaterra para se despedir e confortar amigos e familiares, tudo muito triste e a música conta que isso tudo irá passar, as mudanças estão aí, não há mal que sempre dure e a vida sempre andará pra frente. As mudanças em nossas vidas acontecem naturalmente, sempre vão acontecer,  temos q nos adaptar aos momentos, sempre haverá tempos de muita prosperidade após a dificuldade! Procuro manter esse pensamento positivo.

Pode dar algum spoiler dos seus projetos musicais ainda para esse ano e em 2022?

2022 será um ano e tanto na minha carreira, já tenho uma tour marcada na Europa (minha primeira tour) e muitas parcerias e projetos que estão surgindo para 2022. Tenho músicas com artistas Brasileiros de grande renome a serem lançadas, projetos para gravadoras de super relevância na cena internacional eletrônica e remixes de artistas enormes. Vocês ouvirão muita música boa se depender de mim.

MAIS DE MÚSICAS:

Viegas e Maneva lançam parceria musical em novo single de reggae; confira “Posso Ser”

Kylie Minogue anuncia novidades musicais e fãs vão à loucura; saiba TUDO

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você