Compositor da música “Milla” quer R$ 200 mil por uso indevido da canção em ato pró-Bolsonaro

O cantor Netinho aparece cantando o hit na manifestação

Por: David Mesquita | 06 maio - 21:24

O músico Manno Góes, compositor do hit “Milla” (1996), vai entrar com uma ação judicial contra a deputada federal Carla Zambelli (PSL).

Ele pede para que a deputada retire do seu canal no YouTube, um vídeo em que o cantor Netinho aparece cantando a música na manifestação pró-Bolsonaro, que aconteceu na avenida Paulista, em São Paulo, no último sábado (1º). As informações são do site F5.

O advogado Rodrigo Moraes, que representa o músico, afirmou que a deputada será processada também por dano moral, com um pedido de indenização de, no mínimo, R$ 200 mil. Segundo ele, mesmo que o vídeo seja retirado do ar, a ofensa à reputação do músico como autor já foi concretizada. A petição inicial deve ser ajuizada até sexta (7).

“Isso gera um dano, as pessoas podem pensar que Manno esteja ganhando indiretamente”, comentou o advogado, que é professor de direito autoral.

O advogado também mencionou que no domingo (2) notificou, por e-mail e de forma extrajudicial, a deputada e o partido PSL para a retirada das imagens no YouTube.

“No vídeo aparece o refrão da música com aquela multidão bolsonarista cantando, quando o autor é veementemente contrário a ideologia de Bolsonaro. É fato público e notório que ele tem completa rejeição a Bolsonaro”, diz.

Segundo a assessoria da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), esclareceu que recebeu apenas um e-mail, sem qualquer procuração, notificação extrajudicial ou outro documento. “A assessoria jurídica até solicitou o envio da procuração, mas o advogado se recusou a enviar”, informaram.

Em nota, a deputada afirma entender que não houve nenhuma irregularidade e está amparada pelas exceções da Lei de Direitos Autorais. Ela diz que tem interesse em resolver o conflito extrajudicial, mas o compositor não quer.

“Até possuímos interesse na resolução extrajudicial do conflito, mas se o compositor já deixou bem claro que só pretende resolver a demanda na Justiça, então vamos nos defender judicialmente. Nossa equipe entrou em contato ao longo do dia de hoje e não teve qualquer retorno, e as ligações foram rejeitadas”, informou a nota.

LEIA TAMBÉM:

Daniela Mercury diz que vai gravar “Milla” depois de desentendimento entre Netinho e compositor

Netinho canta “Milla” em ato pró-Bolsonaro e irrita compositor da música: “débil mental”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você