Comemorando 20 anos de carreira, Planta & Raiz segue com “Exército Delirante”

Zeider conta segredo do sucesso da banda e revela possíveis novidades para 2018

Por: Marielle Rojas | 10 maio - 1:00 PM | comentários

Há quase 20 anos no mundo da música, Planta & Raiz continua com um “Exército Delirante” de fãs entre as maiores bandas do reggae brasileiro.

Para Zeider, o segredo para estar há tanto tempo fazendo sucesso é realizar tudo com o coração e humildade. “Colocamos sentimentos nas músicas, queremos sempre levar boas mensagens para quem nos escuta. Acho que isso é fundamental”, afirmou em entrevista para a Metropolitana FM.

“O fato de lançar um álbum novo na média de dois em dois anos fortalece e nos mantém conectado. ‘Com simplicidade a gente chega em qualquer área, a humildade é uma arma que se carregada não falha’ (trecho da música ‘Eu também faço meu jogo’)”, completou o baterista, Juliano.

Além de Bob Marley, a banda se inspira em outros grandes nomes de pioneiros do estilo musical no Brasil. “Sempre ouvimos muito Gilberto Gil e Tribo de Jah”, disse o vocalista.

Eles ainda revelaram que estão pensando em novidades para os fãs em comemoração aos 20 anos. “Estamos amadurecendo a ideia de um álbum acústico”, adiantou Zeider. Juliano ainda contou que podem chegar releituras de grandes sucessos do Planta.

“Tudo o que construímos retrata o nosso hoje. Cada música, cada show. Foi tudo construído com muito amor e dedicação. Isso nos move e motiva a continuarmos firme no propósito de abençoar as pessoas com nossas músicas”, finalizou o vocalista.

Nova turnê

A banda está em turnê de seu 11º álbum, “Exército Delirante”, lançado em 2017, com produção de Daniel Ganjaman. O grande objetivo da produção é contar a história do povo brasileiro, que segue firme na caminhada pela realização de seus sonhos.

“Este disco é a síntese de tudo do que fizemos até hoje. Escolhemos este nome, porque tem muito a ver com a realidade do brasileiro. Tem a ver com o que somos, essa fé de nunca desacreditar dos nossos sonhos, de fazer as coisas com as próprias mãos e de vencer todas as batalhas. É um disco de reggae, original, ‘brazilian style’. Está muito bem lapidado e produzido por Daniel Ganjaman, um cara que por si só já tornaria qualquer trabalho especial”, afirmou Zeider.

Deixe seu comentário