Com agradecimentos à força materna, Rael lança clipe de “Bença Mãe”

A faixa é a segunda divulgada do novo trabalho do rapper

Por: Marielle Rojas | 03 julho - 13:27

Como prometido, Rael liberou nesta terça-feira (2) “Bença Mãe”, o segundo single do novo álbum, que deve chegar ainda no segundo semestre de 2019. Na faixa com referências de afrobeat e de ijexá, o rapper faz agradecimentos a várias representações de mães.

“Mãe que é benzedeira/ Tem planta curandeira/ Mãe d’água cachoeira/ Forte igual capoeira/ Mãe de toda maneira/ Devo minha vida inteira/ Pra você”, canta ele no refrão.

Foto: Sandro Akel/ Studio Curva

“As mães são aquelas figuras que se doam e a gente não retribui. É aquela velha história, a mãe é quem segura o reggae nessa merda de patriarcado e fica na responsabilidade de cuidar do marido e dos filhos e, quando ela se dá conta, teve um desgaste monstro”, afirma Rael.

No clipe dirigido por Caio Lazaneo, o rapper trás a história de mulheres reais, incluindo sua mãe, Efigenia Maria. A avó do artista, que era benzedeira, também é representada no vídeo pela Dona Cotinha e de sua filha, Ana Maria Lemes. As duas são benzedeiras e moram em São Bernardo, no ABC paulista.

“A Dona Cotinha faz um trabalho muito bonito, foi uma maneira de me reconectar com o universo da minha avó”, disse Rael. Além disso, dona Zilda, de 66 anos, que teve seu filho assassinado por policiais na chacina de Osasco, em 2015, também aparece nas imagens.

Foto: Gabriel Ranzani/ Divulgação

Ouro momento marcante da produção, é o áudio de Sandra Mara da Silva Aldrovande, pedindo justiça para a morte de seu filho Jean, vítima de uma bala perdida quando chegava para dar aula no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro.

Além na natureza, outras representações presentes no clipe são da percussionista Mônica Silva, mãe de Dora, da artesã Eliana Aray da Silva, mãe de Jaxuka Kayumy, que vive na aldeia Guarani em Bertioga, litoral paulista, e da dirigente do MST (Movimento sem Terra) Rosana Fernandes, mãe da Maria Julia.

Assista ao clipe de “Bença Mãe”:

Deixe seu comentário