Esports Universitários é a nova febre entre as Universidades

Tivemos em média 05 grandes torneios durante esse ano de 2020

Por: Moacyr Alves Jr | 20 novembro - 14:28

Nesse ano de pandemia uma outra onda nova que tomou conta do Brasil foram os esports, ou como bem conhecido agora os esportes eletrônicos e essa nova onda veio para ficar.

Tivemos em média 05 grandes torneios durante esse ano de 2020 e todas essas disputas tiveram uma quantidade massiva de participantes universitários em várias modalidades.

Mas o destaque mesmo foi a chegada da CEX (College Esports Expo) que veio dos EUA diretamente da Emerson College em Boston e teve sua primeira edição no Brasil, para essa primeira edição foi apenas a parte da conferência mas para o ano que vem eles prometeram o maior campeonato universitário do mundo no Brasil.

Serão 08 jogos no ano todo em várias modalidades desde jogos já consagrados no pc como League of Legends (LoL) bem como jogos de celular como o Clash Royale, ou seja, para 2021 o ano de campeonatos em esportes eletrônicos promete.

E as premiações são as mais variadas possíveis, desde bolsas escolares internacionais até premiações em dinheiro para os participantes e claro as faculdades estão de olho.

A Fiap é uma faculdade que apoia 100% a inclusão dos esportes eletrônicos e inclusive tem uma parceria com o time da Vivo Keyd para divulgar os cursos da faculdade.

Lá fora isso já demonstra ser uma inclusão que veio para ficar, nas faculdades da Turquia especificamente a BAU (Bahçeşehir University) adota essa prática de esports dentro da universidade a mais de 05 anos e vem inclusive fazendo times campeões desde então, criando dentro dela um centro de treinamento exclusivo para esportes eletrônicos.
Um dos organizadores desse centro Serhat Bekdemir que hoje faz o mesmo, mas na Grécia me disse a seguinte frase:

Antes a faculdade tinha um problema que era justamente a evasão de alunos durante o período de aulas, depois dos esports temos que literalmente desligar a energia da faculdade para os alunos saírem, porque eles passam o tempo todo dentro dela.

Isso demonstra a força que os esportes eletrônicos têm e o que eles podem fazer dentro de uma instituição de ensino, tornando mais atrativo a faculdade.

Foto: Organização Liga Universitária de e-Sports

ASSISTA AO NOSSO UNBOXING DO PLAYSTATION 5