LGBTQIA+: Além do esporte, ‘Queer Cup’ conta com histórias de aceitação

Por: Alefy Soares | 15/06/22 - 18:27

Realizado desde 2018, o ‘Queer Cup’ conta com diversas equipes de hadball LGBTQIA+ e, em São Paulo, teve a sua primeira edição neste ano. O evento tem como propósito mostrar o que o esporte tem além das quatro linhas, com equipes inteiramente LGBTQIA+. 

Durante entrevista cedida à Folha de SP, Jads Antunes, fundador da equipe ‘Fadas’, falou mais sobre o Queer Cup e a importância do time que aceita as pessoas pelo que elas realmente são: “As Fadas salvaram a minha vida. Quando entrei em um buraco mental e psicológico, fui acolhido, estiveram do meu lado independentemente de qualquer decisão que eu tomasse”. 

“Foi o momento em que eu tive um click, um estalo, de perceber que sou amado e não preciso da aprovação de ninguém. Foi quando consegui entender que não precisava ter vergonha de mim”, finalizou Jads.

Monika Fernandes Abreu, uma das jogadoras, também comentou a importância do ‘Queer Cup’: “A intenção é sempre agregar. Agregar um grupo de pessoas que vive constantemente a desaprovação, a exclusão, a separação.

SAIBA MAIS DO MUNDO LGBTQIA+: 

+ Representatividade! Veja as séries e novelas que tem personagens LGBTQIA+

+ Segunda edição da Taça da Diversidade reúne atletas LGBTQIA+ às vésperas da Parada

+ Micareta São Paulo reúne Pabllo Vittar e Glória Groove na véspera da Parada LGBTQIA+

Confira tudo que está rolando no mundo dos famosos!