Organização dos Jogos Olímpicos divulga medidas sanitárias para realização de testes do evento

Último ensaio foi feito antes da pandemia de Covid-19

Por: Amanda Oliveira | 29 março - 08:00

Nesta segunda-feira (29), a organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 apresentou uma série de medidas sanitárias que possibilitarão a realização dos primeiros eventos-teste das Olimpíadas neste ano – que devem começar já no próximo fim de semana.

No início de março do ano passado, antes do agravamento da pandemia de Covid-19, a organização fez um último ensaio geral do evento, mas meses depois o adiamento da competição para 2021 foi anunciado.

Foto: Fabrice Coffrini/AFP

Entre as medidas sanitárias divulgadas estão a proibição de gritos de apoio e a obrigatoriedade de ventilação nas áreas comuns a cada meia hora. Um dos responsáveis pela organização do evento, Hidemasa Nakamura, também afirmou que eles pretendem “limitar os contatos, saudações com as mãos e manter a distância de um metro, se um afastamento de dois metros não for possível”.

Sem torcedores estrangeiros

Uma reunião entre o Comitê Organizador, os Comitês Olímpico Internacional e Paralímpico Internacional e representantes do governo japonês decidiu que apenas japoneses e pessoas que residam no Japão vão poder comparecer aos locais de competição dos Jogos Olímpicos. Ou seja, torcedores estrangeiros estão vetados do evento, como forma de evitar a propagação da Covid-19.

O Comitê Organizador, contudo, ainda estuda a possibilidade de liberar a presença de um número limitado de voluntários estrangeiros para trabalhar nos jogos. A informação é do jornal “Japan Times”.

Após adiamento, os Jogos Olímpicos estão previstos agora para acontecer de 23 de julho a 8 de agosto, enquanto os Paralímpicos serão realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Elenco do Palmeiras se reapresenta nesta segunda-feira para retomar treinamentos

Grêmio anuncia a contratação de Rafinha, ex-Flamengo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: