Weverton critica presença de convidados na Supercopa: “A gente tá no meio de uma pandemia”

O evento contou com 100 convidados e, em sua maioria, flamenguistas

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 12 abril - 07:26

Sem dúvidas, Weverton foi um dos destaques do Palmeiras na decisão da Supercopa do Brasil, mesmo após a derrota nos pênaltis diante do Flamengo. Após a partida deste domingo, o goleiro criticou a quantidade de pessoas que marcaram presença no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Em entrevista ao canal SporTV, Weverton lembrou a grave crise na saúde que o país vem enfrentando, por conta da Covid-19, e criticou a presença dos convidados: “Não sei quem convidou tanta gente para estar aqui hoje, a gente está no meio de uma pandemia”, disse o jogador, que teve seu áudio cortado pela emissora.

Libertadores 2020

No entanto, os 100 convidados para a final da Supercopa do Brasil disputada neste domingo (11), não chegam nem aos pés do que foi a aglomeração na final da Copa Conmebol Libertadores 2020, entre Palmeiras e Santos. Na época, estimasse que cerca de 5 mil pessoas estiveram presentes no Maracanã, palco da decisão entre os rivais paulistas.

A arquibancada foi tomada por convidados da própria Conmebol, dos patrocinadores do evento e dos finalistas – os clubes receberam 250 ingressos cada para distribuir entre diretoria, família dos jogadores e alguns torcedores. Com isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) multou a Conmebol em R$ 14 mil, por aglomeração durante a final do torneio.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Após vitória sofrida, Mancini pede paciência: “O Corinthians não atingiu o que queremos ainda”

Gabigol se isola como o maior artilheiro do Flamengo no século

Após ser campeão pelo Flamengo, Arrascaeta é eleito o melhor jogador da Supercopa do Brasil

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você