Vasco autoriza que associados transgêneros passem a utilizar nomes sociais na carteirinha do clube

O clube anunciou, no Dia Internacional da Visibilidade Trans, que lançará ações para fortalecer a história inclusiva do time de São Januário

Por: Julia Simões Romano | 31 março - 20:49

Nesta quarta-feira (31), Dia Internacional da Visibilidade Trans, o Vasco anunciou que seus associados trans vão ter a liberdade de utilizar em suas carteirinhas do clube, de sócio-torcedor ou estatutário, seus nomes sociais. No anúncio, o time de São Januário ainda ressaltou que pretende realizar ações para que as pessoas trans e a comunidade LGBTQIA+ em geral, estejam presentes na história que sempre foi inclusiva dentro do clube.

Na história do futebol brasileiro, o Vasco começou bem no início de sua trajetória com grande presença no remo, mas logo passou para outras modalidades no meio esportivo e, principalmente, no futebol. O Cruzmaltino foi um clube que lutou fortemente pela inclusão social no mundo futebolístico de jogadores mulatos, negros e também de brasileiros que não estavam presentes nas classes mais altas, no caso a elite, do futebol.

O Departamento de Responsabilidade Social e História do Clube, em parceria com a Vice-Presidência de Comunicação, foi responsável pelo desenvolvimento deste movimento que faz parte da criação de uma política contínua dentro do Vasco.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Restante do elenco do Palmeiras que estava de férias se reapresenta nesta quarta-feira

Em nota oficial, Grêmio desiste da contratação de Borré, do River Plate

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você