Técnico Lisca faz apelo para Copa do Brasil ser adiada: “Não tem lugar nos hospitais, eu estou perdendo amigos”

Treinador acredita que não é hora de iniciar competição com 80 times

Por: Amanda Oliveira | 04 março - 09:29

Na noite da última quarta-feira (3), após a vitória por 1 a 0 do América-MG no Campeonato Mineiro, o técnico Lisca recebeu o protagonismo da partida ao fazer um apelo sobre o início da Copa do Brasil em pleno período de agravamento da pandemia de Covid-19.

Foto: Reprodução/Premiere

Em entrevista ao canal Premiere, o treinador declarou que a competição precisa ser repensada: “Vou aproveitar para fazer um apelo às autoridades do Brasil, principalmente à CBF. É quase inacreditável que saiu uma tabela da Copa do Brasil hoje, com jogos dia 10 e 17, com oitenta clubes. Nós vamos levar com delegação de 30 pessoas de um lado para outro do país”.

“Eu sou pai de família, tenho duas filhas e uma esposa. Eu quero viver, gente. E ninguém sabe. Tem pessoas que pegam e morrem, tem pessoas que pegam e nada acontece, tem pessoas que são entubadas e agora você nem pode mais entubar. Eu vi ontem o procedimento de entubação. O que está acontecendo com o nosso país? Nós precisamos nos posicionar, precisamos lutar contra isso”.

“Nosso país parou, gente. Não tem lugar nos hospitais, eu estou perdendo amigos, amigos treinadores. É hora de segurar a vida. Aqui no Mineiro tudo bem, é mais perto, mas como vão levar uma delegação do Sul para Manaus? Presidente Caboclo, pelo amor de Deus, Juninho Paulista, Tite, Kléber Xavier, autoridades. Nós estamos apavorados”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Campeonato Catarinense é paralisado por conta do agravamento da pandemia de Covid-19

Surto de Covid-19 em jogadores pode fazer Corinthians ficar desfalcado por até quatro jogos

Santos celebra vacinação de Pelé contra a Covid-19: “Para a alegria do mundo inteiro”

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você