Sem Lukaku e De Bruyne, Bélgica aplica goleada histórica nas eliminatórias

Principais jogadores da seleção não entraram nem na segunda etapa

Por: Caio César | 30 março - 21:55

Nesta terça-feira (30), em confronto válido pelo Grupo E das eliminatórias da Copa do Mundo, a Bélgica enfrentou a Bielorrússia em busca de manter o 100% de aproveitamento. No entanto, a decisão do técnico foi de escalar um time alternativo, inclusive, sem a presença de Lukaku e De Bruyne, principais estrelas belgas, que terminaram a partida no banco de reservas. Desse modo, sob o protagonismo de Thorgan Hazard, um dos poucos titulares em campo, a equipe aplicou uma goleada histórica pelo placar de 8 a 0.

Logo no início do jogo, Batshuayi recebeu um passe em profundidade e encheu a bomba para abrir o placar sem muitas dificuldades. Na sequência, Vanaken participou de dois gols, ampliou o resultado após cruzamento de Meunier e deu a assistência para o lindo chute de fora da área concluído por Trossard. Para encerrar o primeiro tempo, Doku ainda guardou o seu após ganhar na corrida do defensor adversário. Na segunda etapa, com mais mudanças na escalação, a geração belga manteve a intensidade e voltou a marcar quatro gols, sendo de Dennis Praet, Benteke, Vanaken e Trossard novamente.

Com mais uma vitória conquistada nas eliminatórias, a Bélgica chega aos seis pontos em dois jogos, mantendo a liderança absoluta do Grupo E, seguida por República Tcheca com quatro e País de Gales com três, porém com uma partida a menos. Em primeiro no ranking da FIFA, a seleção chega como uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo de 2022, tendo como principal adversária a França, atual campeã. O próximo confronto será contra a Estônia, porém apenas em setembro de 2021, já que haverá o retorno das competições entre clubes, assim como a realização da Eurocopa em junho.

LEIA MAIS

Noruega vence Montenegro nas eliminatórias da copa mesmo sem grande atuação de Haaland

Com gol de Cristiano Ronaldo, Portugal derrota Luxemburgo pelas eliminatórias da copa

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: