Nesta terça, o Santos se reúne com a WTorre para discutir projeto da Nova Vila Belmiro

Comissão Popular Alçapão Vivo (COPAV) é fundada e deve ajudar na nova Arena do Santos

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 20 abril - 09:59

Nesta terça-feira (20), Santos e WTorre se reúnem para discutir o projeto da Arena do Peixe. Primeiramente, o arquiteto responsável, Luis Volpato, irá detalhar a arquitetura do novo estádio. Em seguida, os executivos da empresa irão apresentar o modelo econômico para a parceria.

A reunião de hoje não será definitiva, mas vai ditar o próximo passo da parceria. Ambas as partes querem tocar o projeto, mas o acordo em relação aos números será fundamental para a sequência das conversas entre o Santos e WTorre.

Arena do Santos

Reprodução/ Luiz Volpato Arquitetura

Na coletiva dos 100 dias de gestão, o presidente Andres Rueda revelou que o clube está em negociações avançadas em relação ao projeto de construção do novo estádio do Santos: “Tivemos várias reuniões e isso vai terminar agora, numa próxima reunião no dia 20, onde vai ser apresentado pela WTorre o ‘projeto final’, a parte arquitetônica”, disse Rueda. O presidente ainda destacou que os sócios terão participação na decisão final da proposta.

Pela WTorre, o CEO Luis Davantel revelou em entrevista ao Diário do Peixe que está muito otimista para o encontro. Luis afirmou que os números foram melhorados para a reunião desta terça e estarão em conformidade com a grandeza do Santos Futebol Clube.

“É duro quantificar, mas em uma estimativa conservadora, eu falaria em 70% de chances (do projeto acontecer). A gente está bastante animado e acreditamos que os números, a estrutura do negócio, a lógica de toda parte conceitual tem muita adesão com o financeiro”, afirmou Davantel.

Após todas as aprovações – conselho, assembleia e sócios – a WTorre estima em seis meses o início das obras e 24 meses para a inauguração da Nova Vila Belmiro.

COPAV

Na última quarta-feira (14), foi fundada a Comissão Popular Alçapão Vivo por meio de uma reunião entre as diversas torcidas, associações e movimentos ligados ao Santos Futebol Clube. A ideia da Comissão é manter um diálogo aberto com Comitê de Gestão, Conselho Deliberativo e demais envolvidos na construção do novo estádio do Peixe.

Em entrevista ao Futebol na Veia, Marcelo Caverna, diretor mestre de bateria da Torcida Jovem, principal organizada do clube, contou sobre a Copav: “A princípio, temos como desejo apoiar a direção do Santos e o CD a tomar as melhores escolhas quanto ao projeto da Nova Vila Belmiro de uma forma popular, que preserve a nossa história como um alçapão, entendendo a forma real da torcida santista.

Quais grupos fazem parte da comissão?

Ao todo, 18 grupos de torcedores assinaram carta aberta divulgada nas redes sociais da Copav. Além da Torcida Jovem estão Sangue Jovem, Força Jovem, Camisa 10, TUSA Velha Guarda, B.B.F., ASSOPHIS, Punk Santista, Associação Família 1912, Cachasantista, Portão 1 e 2, Portão 17, Bancada das Sereias, Cervejeiros, Torcida Santos Sempre Santos, Santistas de Blumenau, Elas nas 4 Linhas e Não Canso de Te Ver Jogar.

Confira um trecho da carta aberta:

“A Comissão segue aberta para receber a participação de outros grupos de torcedores do Santos em geral, integrantes ou não de movimentos organizados, que entendam a necessidade e importância de compor este processo histórico na vida do Santos Futebol Clube.”

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Segundo jornalista, Carlos Sánchez deseja retornar o River Plate

Santos reestreia na Libertadores 2021 diante do Barcelona-EQU; veja prováveis escalações

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você