Guardiola despista Haaland no City: “Não podemos pagar”

Técnico não vê o norueguês como opção para o lugar de Agüero

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 02 abril - 13:05

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (2), Pep Guardiola foi questionado sobre reforços para o Manchester City. Com a saída de Sergio Agüero, o treinador disse que os Sky Blues devem buscar um bom nome para o lugar do argentino, mas que não seria Harry Kane, do Tottenham, nem Haaland, do Borussia Dortmund.

“Quero deixar uma coisa clara. Talvez, talvez nós vamos encontrar um novo jogador para substituir Sergio (Agüero). Em termos de números, é quase impossível. Em termos do que significa para o clube, é impossível. Mas por esses preços não vamos comprar um atacante. Não podemos pagar. Todos os clubes estão com dificuldades financeiras e não somos exceção”, disse o treinador.

Haaland nos treinos do B. Dortmund

Twitter/ Reprodução/ @ErlingHaaland

Haaland

Nos últimos dias, o atacante do Borussia tem seu nome ventilado em vários clubes, como City e PSG. Inclusive, o pai do jogador Alf-Inge, e seu empresário, Mino Raiola, foram vistos em Barcelona na última quinta-feira (1). As especulações na imprensa sugeriram uma possível transferência do jogador ao time catalão ou Real Madrid.

Entretanto, os valores do norueguês são altos, e segundo o jornal “Mundo Desportivo”, quem quiser tirar Haaland dos alemães terá de pagar 150 milhões de euros – cerca de R$ 1 bilhão hoje. O norueguês é o artilheiro da Champions League, com 10 gols. Na temporada, o jogador soma 33 gols em 31 jogos pelo Borussia Dortmund.