Gareth Bale se pronuncia contra ofensas nas redes sociais

Grandes jogadores como Thierry Henry desativaram as redes sociais em forma de protesto

Por: Caio César | 29 março - 20:02

Cada vez mais frequente no mundo do futebol, as ofensas em redes sociais tem revoltado os jogadores, visto que as críticas feitas incluem ameaças de morte, xenofobia e injúrias raciais. Dessa forma, Gareth Bale, jogador do Tottenham e do País de Gales, decidiu se pronunciar após Ben Cabango e Rabino Matondo, companheiros de seleção, sofrerem com os atos depois de um amistoso contra o México. Segundo o atacante, em entrevista à BBC, a solução seria o boicote, assim como fez Thierry Henry, que desativou todas as suas contas.

“Algo precisa acontecer. Acho que se todos deveriam boicotar as redes sociais para marcar uma posição. Se todos fizessem isso de uma vez, não apenas uma ou duas pessoas, e se fizéssemos uma campanha com muitas pessoas influentes no esporte e outras formas de vida saíssem das mídias sociais para fazer uma declaração, então sim, acho que poderia ajudar.” – disse.

“Tento ficar fora (das redes sociais) porque há tantas pessoas tóxicas tentando dizer coisas negativas e colocar você para baixo. É bom poder compartilhar o que fazemos e como fazemos as coisas, fotos de treinamentos e o que estamos gostando de fazer. Mas, olhando para esses comentários, às vezes é melhor ficar longe deles, compartilhar o que você deseja compartilhar e não ler muito os comentários porque há pessoas horríveis por aí.” – encerrou.

Após inúmeros ataques a jogadores da Premier League, como Anthony Martial, Rashford, Reece James, entre outros, a liga emitiu uma nota oficial repudiando as ofensas. No entanto, não é apenas no Reino Unido que tem acontecido, como é o caso de Éverton Cebolinha, ex-Grêmio e atualmente no Benfica, que desativou suas redes sociais recentemente.

LEIA MAIS

Recuperado no Tottenham, Bale fala em retorno ao Real Madrid

Lewandowski desfalca seleção polonesa contra a Inglaterra após sofrer uma lesão no joelho

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: