Em comunicado, Conmebol informa que lote de vacinas foi fabricado especialmente para o futebol sul-americano

Brasil ainda não possui autorização para ser imunizado pela entidade

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 23 abril - 08:24

A Conmebol anunciou na quinta-feira (22) que as 50 mil doses de vacinas contra Covid-19 doadas pelo laboratório chinês, Sinovac, vão chegar no Uruguai no próximo dia 28 de abril. Em comunicado, a entidade informou que as vacinas nunca foram destinadas a uso da população, e sim, exclusivamente fabricada para uso no futebol sul-americano.

A entidade ainda ressaltou que “o processo de distribuição dos imunizantes começará nos diferentes países, em estrito cumprimentos das normas legais e sanitárias em vigor em cada um deles”. Vale lembrar que no Brasil, o uso de vacinas contra o novo coronavírus por empresas privas é vedada, a menos que o lote adquirido seja integralmente doado ao SUS, visando a sua aplicação no âmbito do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Sede Conmebol

Twitter/ Reprodução/ @Conmebol

Segundo apuração do Globo Esporte, a Conmebol disse que vai definir nesta sexta-feira (23) a logística da entrega das doses à países que não permitem a aquisição privada dos imunizantes, como o Brasil. A saber, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) precisa da autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para receber as doses, mas segundo o órgão, as entidade não o consultou sobre o tema.

A CBF ainda não se manifestou publicamente sobre a doação de doses pela Sinovac à Conmebol. Porém, o presidente da entidade, Rogério Caboclo, já demonstrou interesse em adquirir vacinas, desde que o Congresso autorize. A saber, a aquisição dos imunizantes pela iniciativa privada está em discussão na Câmara dos Deputados.

A Conmebol já deixou claro que irá começar sua campanha de vacinação com as equipes da Copa América. O objetivo é também imunizar times masculinos e femininos a primeira divisão de cada um dos 10 países afiliados. Árbitro e todos os envolvidos para a organização e realização dos jogos também estão na lista de futuros vacinados. A entidade reitera que a vacinação é opcional, e quem se recusar a ser imunizado, não será excluído de seus torneios.

A Copa América tem início previsto para 13 de junho e término em 10 de julho. O evento reunirá dez seleções sul-americanas na Argentina e Colômbia. O Brasil estreia contra a Venezuela.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Palmeiras e Guarani se enfrentam pela 7ª rodada do Paulistão; veja prováveis escalações

São Paulo recebe o Santo André pela 6ª rodada do Paulistão; veja prováveis escalações

Com time misto, Santos visita o Novorizontino pelo Campeonato Paulista; veja prováveis escalações

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você