Como foram os três primeiros meses de Andres Rueda no Santos?

Torcida do Peixe está empolgada com a nova gestão do clube

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 05 abril - 11:44

Em dezembro de 2020, Andrés Rueda foi eleito como novo presidente do Santos no triênio 2021-2023, com recorde de votos – 8.249 – entre os seis candidatos. No último dia 1º, Rueda completou três meses de gestão e conseguiu realizar algumas negociações que animam a torcida santista.

Antes mesmo de vencer as eleições, Andres realizou um empréstimo ao Peixe de R$ 11,7 milhões para o pagamento da dívida com o Hamburgo, da Alemanha. A saber, o alvinegro corria risco de perder pontos no Campeonato Brasileiro 2020 pela dívida por Cléber Reis, que se arrastava desde 2017, pela gestão Modesto Roma. Além do pagamento da dívida, Rueda segurou Luan Peres, Diego Pituca e Lucas Verissímo para a final da Copa Conmebol Libertadores 2020.

Andres Rueda em seu escritório

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos F.C.

Dívida Atlético Nacional

Outra dívida sanada pelo presidente foi com o Atlético Nacional, a respeito do zagueiro Felipe Aguilar. Com o pagamento, o Santos se aproxima de um fim do TransferBan, pela Fifa. Agora, único acordo que precisa ser feito para poder voltar a inscrever novos jogadores é com o Huachipato, referente a Soteldo.

Salários atrasados

Na pandemia, o elenco do Peixe sofreu uma redução drástica nos salários pelo ex-presidente José Carlos Peres – cerca de 70%. A redução sem aviso resultou nas saídas forçadas de Eduardo Sasha e Everson para o Atlético-MG. Com a chegada de Cuca, o elenco se acalmou e esperou a dívida ser paga.

Logo quando assumiu, Andres Rueda se reuniu com o plantel santista para se apresentar e conversar sobre as dívidas da antiga gestão. Além dos salários, o elenco tinha direitos de imagens e bichos para receber. Na conversa, Rueda deu garantias que as dívidas seriam pagas, e a promessa foi cumprida após o elenco chegar à final da Libertadores 2020.

Patrocinador Máster

Após ficar mais de dois anos sem marca no principal espaço de sua camisa, o Santos anunciou seu novo patrocinador máster no último dia 26. A SumUp assinou contrato com o Peixe por um ano, mas há possibilidade de renovação entre ambas as partes. Após três dias, Rueda fechou com a empresa Cartão de Todos para patrocinar a parte de trás do calção. Esta é a 10ª marca patrocinadora do Peixe, restando apenas uma para “fechar” o uniforme.

Alívio no elenco (e nos cofres)

O técnico Ariel Holan já havia pedido uma redução no número de jogadores – o argentino já chegou a comandar 60 atletas nos treinos. Assim, Rueda fez algumas transferências e empréstimos para desafogar o elenco e também a folha salarial, que beira os R$ 9 milhões – de acordo com o portal de transparência do clube.

Romário e Taílson foram emprestados ao Coritiba, enquanto o cornetado Arthur Gomes se transferiu para o Atlético-GO. Felipe Cardoso está próximo do Vegalta Sendai, do Japão, enquanto Sabino está quase rescindindo de forma amigável para se transferir ao Sport. Outro jogador que rescindiu com o Peixe foi o zagueiro Laércio, que defender as cores da Chapecoense.

Futuro do Peixe

Em entrevista ao programa Esporte por Esporte, da TV Santa Cecília, o gerente de futebol Jorge Andrade diz que a meta da gestão Rueda é deixar o nível organizacional e financeiro do Santos no patamar de Flamengo, Palmeiras e Grêmio.

“Não se colhe frutos de uma hora para outra. O nosso objetivo é chegar no terceiro ano de trabalho e competir de igual para igual com essas equipes em todos os sentidos. Tanto de organização, quanto na questão financeira e no projeto esportivo do clube. Vamos passo a passo”, revelou o dirigente.

Ex-funcionários pagos

Muitos profissionais foram desligados no mandado de Orlando Rollo, e também na atual gestão. No fim dessa semana, as verbas trabalhistas menores foram quitadas de forma integral. Os salários maiores serão pagos em algumas parcelas. Dessa forma, Andres Rueda evitou processos trabalhistas que poderiam chegar à R$ 100 milhões aos cofres alvinegros.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Santos chega à Argentina para duelo com San Lorenzo

Grêmio demonstra interesse em Soteldo, do Santos

Em treino, elenco do Valencia faz ato em apoio a Diakhaby: “Parem o racismo”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você