CBF se manifesta contra fala racista em transmissão do Brasileirão Feminino A1

O caso aconteceu na transmissão do duelo entre Napoli-SC e Bahia

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 26 abril - 08:27

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se manifestou, neste domingo, contra falas racistas que foram ditas em transmissão do duelo entre Napoli-SC e Bahia, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A1.

De acordo com a nota divulgada pela entidade, os profissionais Edson Florão e Paulo Cezar Ferrarin foram afastados. Pelas redes sociais, a plataforma de transmissão do campeonato, MyCujoo afirmou que “quaisquer comentários sobre características físicas das jogadoras são, de fato, inaceitáveis” e confirmou o afastamento dos profissionais.

Entenda o caso

Durante a transmissão do empate em 2 a 2 entre Napoli-SC e Bahia, o comentarista Edson Florão disse que o cabelo de algumas jogadoras baianas eram ‘exóticos’: “Acaba tendo que rifar a bola, facilitando especialmente o sistema defensivo do Bahia, que está aí com a sua vantagem de estatura, com esses cabelos exóticos, pelo menos uma meia dúzia”, falou Edson. As atletas em questão são negras.

Em seguida, um telespectador reclamou do comentário e logo o narrador Paulo Cezar Ferrarin defendeu o colega. “Ô Paulo (telespectador que reclamou), que isso! A gente falou inclusive, estamos aqui com o pessoal do Bahia, das aparências. Paulão, você está fora da realidade. Realmente é muito mimimi, meu amigo. A gente está elogiando. Pelo amor de Deus, Paulão! Bola para frente”, disse Ferrarin.

Confira a manifestação oficial do MyCujoo:

“Nós do MyCujoo lamentamos o ocorrido hoje na transmissão de Napoli-SC x Bahia, pelo Brasileirão Feminino A1. Nosso trabalho tem o intuito de mostrar o melhor do futebol nacional e em especial dos campeonatos femininos, desde que começamos a transmitir jogos no Brasil. 

Entendemos que quaisquer comentários sobre características físicas das jogadoras são, de fato, inaceitáveis. Todas as nossas equipes de transmissão recebem orientações prévias para que este tipo de situação não aconteça. Por isso, pedimos desculpas às jogadoras envolvidas e decidimos substituir os profissionais em questão para as partidas futuras.”

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Hernán Crespo celebra boa fase do São Paulo e vaga antecipada nas quartas: “Mérito dos atletas”

Em casa, Palmeiras perde para o Mirassol e se complica no Paulistão

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você