Campeonato Brasileiro 2021 terá limitação na troca de técnico

Pela nova regra, os clubes só poderão demitir uma vez o treinador para contratar um novo

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 25 março - 06:31

O Conselho Técnico do Brasileiro Série A aprovou a limitação na troca de técnicos para a edição 2021. Na nova regra, divulgada nesta quarta-feira (24), os clubes só poderão demitir o treinador uma vez para contratar um novo. Por outro lado, o técnico só poderá pedir para sair uma vez.

A nova norma foi uma proposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aprovada por 11 clubes. Pela regra, que será colocada no regulamento do Brasileirão, o clube até pode demitir mais de um técnico. Porém, na segunda demissão, só poderá utilizar um interino que esteja na divisão de base da equipe, ou já esteja há seis meses no clube. Assim, contratações de interinos não valem para a regra.

Taça Brasileirão 2021

Twitter/ Reprodução/ @Brasileirao

Dos 20 clubes, 9 foram contra a nova regra: Grêmio, Flamengo, Bahia, Fortaleza, Ceará, Juventude, Athlético-PR, Atlético-GO e Cuiabá. Inclusive, o Imortal é o clube que mantém um treinador há mais tempo: “Interfere na autodeterminação e gestão do clube. Não é regulatória, mas, sim, intervencionista e corporativa. Esta foi nossa posição, embora não seja a política que praticamos”, afirmou o presidente gremista, Romildo Bolzan Jr.

Ainda na reunião, ficou decidido que os clubes poderão inscrever 50 jogadores. Houve esse aumento em relação ao número anterior – 40 jogadores- por conta da pandemia da Covid-19, pois com mais atletas é possível jogar mesmo com um surto no elenco. O regulamento ainda inclui um número mínimo de 23 inscritos por time.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Weverton é expulso e Palmeiras empata com São Bento pelo Campeonato Paulista

Natan é o novo reforço do Bragantino para temporada

Cássio atinge marca de 20 pênaltis defendidos com a camisa do Corinthians

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: