Borussia Dortmund, Bayern e RB Leipzig afirmam que vão continuar na Champions League e reprovam a Superliga

Os CEOs dos times comentam sobre a criação da competição

Por: Julia Simões Romano | 19 abril - 17:33

Nesta segunda-feira (19), os clubes do RB Leipzig, Bayern de Munique e Borussia Dortmund deixaram claro que vão continuar disputando a Uefa Champions League e reprovam a ideia da criação da Superliga Europeia.

O novo formato das competições europeias de clubes foram divulgadas pela Uefa nesta segunda-feira (19) e as medidas serão introduzidas na temporada de 2024/2025. O CEO Karl-Heinz, do Bayern, concordou com as novas medidas da entidade e afirma que o clube não está de acordo com a Superliga. “O Bayern nunca esteve envolvido em planos para a criação da Superliga. Estamos convencidos que a estrutura atual do futebol garante uma fundação econômica sustentável para todos”, afirma o CEO.

Borussia Dortmund, Bayern e RB Leipzig afirmam que vão continuar na Champions League e reprovam a Superliga

Foto: Getty Images

“Eu não acredito que a Superliga vai resolver os problemas financeiros atuais dos clubes europeus, que foram piorados pela pandemia de Covid-19. Ao contrário: todos os clubes da Europa deveriam trabalhar de maneira solidária para garantir que os custos, especialmente com salários de atletas e taxas pagas a agentes em transferências, sejam ajustadas aos orçamentos, tornando o futebol europeu cada vez mais racional”, concluiu Karl-Heinz.

O CEO Hans-Joachim, do Dortmund, e o CEO Oliver Mintzlaff, do Leipzig, também afirmam que continuaram na Champions e declaram suas insatisfações pelo torneio criado. “Os membros do ECA (Associação de Clubes Europeus) se colocaram de forma totalmente contrária à criação de uma Superliga”, afirma o CEO do Dortmund. “Nós somos defensores da competição esportiva. E competição esportiva significa lutar para alcançar uma posição em sua liga doméstica que lhe dê o direito de participar de uma competição internacional. Para nós, mudar isso é algo totalmente fora de questão. Rejeitamos qualquer plano para criar uma Superliga”, pontua Oliver Mintzlaff, CEO do RB Leipzig.

LEIA MAIS

Os goleiros Santos e Jandrei, do Athletico, estão fora da estreia na Sul-Americana

Com jogadores da base, Atlético-MG anuncia a lista de relacionados para Libertadores

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você